Publicado 10/06/2019 - 22h09 - Atualizado 10/06/2019 - 22h09

Por Paulo Santana

Lance durante a partida entre Londrina e Ponte Preta, válida pela Série B do Campeonato Brasileiro 2019, no Estádio do Café, em Londrina (PR), nesta segunda-feira (10)

Robson Vilela/EC

Lance durante a partida entre Londrina e Ponte Preta, válida pela Série B do Campeonato Brasileiro 2019, no Estádio do Café, em Londrina (PR), nesta segunda-feira (10)

A Ponte Preta não tomou conhecimento dos 100% de aproveitamento que o Londrina tinha na Série B do Campeonato Brasileiro e engatou a quarta vitória consecutiva. Jogando no Estádio do Café, em Londrina, ontem à noite, a Macaca se impôs com autoridade e bateu o dono da casa por 3 a 1, de virada, com gols de Matheus Vargas, Renan Fonseca e Marquinhos. Matheus Bertotto abriu o placar da partida que abriu a oitava rodada da competição.
Com este resultado, a Ponte voltou para a quarta posição, dentro do G4, mas pode perder lugar se o Sport bater o Crb, hoje, às 21h30, em Recife. O jogo foi bom e teve chances para os dois lados, O time da casa, mesmo derrotado, saiu de campo aplaudido por seus torcedores.
Desde o início, a Macaca se lançou ao ataque e tomou as iniciativas. Aos 15', Roger tentou engatar contragolpe para Marquinhos, que aparecia com liberdade no meio-campo. O árbitro indicou impedimento, mas o atacante estava atrás da linha e sua posição era legal.
Em sua primeira descida ao ataque, o Londrina abriu o placar depois de escanteio bem batido por Arthur Caculé. Ele jogou na primeira trave e Matheus Bertotto, que fez falta em Roger, subiu livre entre os defensores e cabeceou para o fundo do gol: 1 a 0, aos 21'.
Dois minutos depois, veio o empate na jogada pessoal de Matheus Vargas. O meia ganhou de Caculé, passou por Bertotto e arriscou chute forte de fora da área. A bola venenosa não deu chance de defesa para Matheus Albino.
O jogo era franco a com boas alternativas. A Ponte teve a chance de virar, aos 47', quando Camilo mandou uma bomba no canto e o goleiro jogou o perigo para escanteio. A virada, no entanto, surgiu na batida de Gerson Magrão, que mandou a bola na trave. Depois de bate-rebate na pequena área, Renan Fonseca mandou rasteiro e fez 2 a 1, aos 48'.
A Macaca encaixou o contra-ataque na etapa final. Aos 5', Matheus Vargas iniciou a arrancada pelo meio, serviu para Roger na esquerda. O atacante não foi 'fominha' e fez o passe perfeito para Marquinhos, livre na área, ampliar a vantagem: 3 a 1.
Depois disso, o Londrina tentou, mas não conseguiu mais levar perigo ao gol de Ygor Vinhas e ainda teve um jogador expulso no final. Aos 43’, Roger teve a chance de ampliar em duas finalizações, mas acabou desperdiçando uma e parando na boa defesa do goleiro adversário.
Agora, a Macaca acompanha o complemento da rodada e só volta a jogar depois da Copa América. Até lá, Jorginho e a diretoria poderão avaliar o elenco e, se necessário, pensar em reforços e liberações.

Escrito por:

Paulo Santana