Publicado 09/06/2019 - 19h12 - Atualizado 10/06/2019 - 17h34

Por Carlos Rodrigues

Roger finaliza no duelo com o Botafogo na última sexta, no Moisés Lucarelli: amanhã será o último jogo antes da paralisação para a Copa América

Denny Cesare/AAN

Roger finaliza no duelo com o Botafogo na última sexta, no Moisés Lucarelli: amanhã será o último jogo antes da paralisação para a Copa América

Após o empate sem gols com o Botafogo na sexta-feira, a Ponte Preta tem nesta segunda-feira (10) mais um duelo de 'seis pontos' na briga pelas primeiras posições da Série B do Campeonato Brasileiro. Na última partida antes da paralisação da competição para a disputa da Copa América, a Macaca visita o Londrina, às 20h, no Estádio do Café, pela oitava rodada. Com o objetivo de terminar essa etapa dentro do G4, a alvinegra busca o resultado positivo diante de um dos líderes e dono do melhor desempenho como mandante no torneio.
A equipe paranaense divide a ponta com Bragantino e Botafogo — todos com 16 pontos —, mas ocupa a terceira posição por conta do saldo de gols. Já a Ponte Preta, que soma 12 e vem de uma sequência de seis partidas sem derrota, quer encostar no adversário direto.
"O Londrina é uma equipe extremamente forte em casa, mas para nós é muito importante esse jogo porque estamos no bolo. Ninguém desgarrou completamente e estamos a quatro pontos dos primeiros. Tudo em aberto e o importante é que a competitividade da equipe cresceu, com um nível de concentração muito alto", destacou o técnico Jorginho.
Com tempo mínimo para preparar a equipe pensando no próximo compromisso, o treinador se preocupa com o desgaste físico, mas a tendência é que o time não tenha modificações radicais. Após cumprir suspensão, o volante Edson tem retorno garantido e tudo indica que apareça no time no lugar de Dadá. "É um adversário que com certeza vai nos agredir e nós temos a volta do Edson. Vamos ver se entramos com três volantes ou não."
Do lado do Londrina, o objetivo amanhã é manter o aproveitamento de 100% em casa. No Estádio do Café, o Tubarão tem três vitórias em três partidas e, curiosamente, todas elas por 1 a 0 — sobre Brasil de Pelotas, Bragantino e Cuiabá. "São números importantes que a gente tem. Temos que valorizar, aproveitar esse momento e unir forças para manter essa invencibilidade em casa sem tomar gols", aponta o técnico Alemão, que sinalizou mudanças no time e deve confirmar o experiente Dagoberto entre os titulares.
FICHA TÉCNICA
LONDRINA
Matheus Albino; Raí Ramos, Augusto, Marcondes e Felipe Vieira; Matheus Bertotto e Rômulo; Marcelinho (Paulinho Moccelin), Higor Leite (Arthur Caculé) e Anderson Oliveira; Safira (Dagoberto). Técnico: Alemão.
PONTE PRETA
Ygor Vinhas; Arnaldo, Renan Fonseca, Airton e Abner; Edson, Camilo, Gerson Magrão e Matheus Vargas; Marquinhos e Roger. Técnico: Jorginho.
Local: Estádio do Café, em Londrina. Horário: 20h (Sportv 2). Juiz: Diego Pombo Lopez (BA).

Escrito por:

Carlos Rodrigues