Publicado 14/05/2019 - 17h51 - Atualizado 14/05/2019 - 17h52

Por Estadão Conteúdo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa de audiência pública na Câmara

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa de audiência pública na Câmara

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que não faria sentido corrigir a tabela do Imposto de Renda em um momento em que o governo tenta aprovar a reforma da Previdência para cortar gastos. Em audiência no Congresso Nacional, Guedes disse que a correção da tabela defasada custaria de R$ 50 bilhões a R$ 60 bilhões, o que seria um gasto muito grande, segundo ele.
"O presidente Jair Bolsonaro que falou que atualizaria tabela de IR pela inflação, eu não disse nada. Estamos no meio de uma batalha da Previdência, não adianta me distrair com outra tabela de IR", afirmou.

Escrito por:

Estadão Conteúdo