Publicado 09/05/2019 - 17h52 - Atualizado 09/05/2019 - 17h58

Por Agência Brasil

Passageiros deitam em chão de ônibus para se protegerem de tiroteio em Angra dos Reis

Reprodução/Whatsapp

Passageiros deitam em chão de ônibus para se protegerem de tiroteio em Angra dos Reis

 A Rodovia BR-101, no trecho conhecido como Rio-Santos, foi bloqueada três vezes hoje (9) por causa de tiroteios em favelas às suas margens. A interdição foi feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), de forma preventiva, a fim de proteger os motoristas que passam por ali.

O primeiro bloqueio ocorreu na parte da manhã, por volta das 10h, e durou cerca de duas horas, até pouco depois das 12h, quando a rodovia foi reaberta. Na parte da tarde, a BR-101 voltou a ser fechada, com o retorno dos tiroteios, às 12h50, sendo reaberta às 13h45.

Às 14h40, segundo a PRF, as pistas novamente foram bloqueadas, por causa de uma operação da Polícia Militar no local. A reabertura ocorreu às 15h.

Angra tem várias favelas instaladas nos morros que a circundam, incluindo Sapinhatuba, onde têm ocorrido os maiores enfrentamentos entre facções rivais nas últimas semanas, provocando tiroteios quase diários. No último sábado (4), o governador Wilson Witzel sobrevoou a região em um helicóptero da Polícia Civil, dizendo que estava acontecendo uma operação para combater a violência no local, "para trazer a paz aos moradores". No domingo (5) um novo tiroteio entre traficantes voltou a ocorrer.

Escrito por:

Agência Brasil