Publicado 06/05/2019 - 14h19 - Atualizado 06/05/2019 - 14h19

Por Agência Brasil

O conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos (EUA), John Bolton

Brendan Smialowski / AFP

O conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos (EUA), John Bolton

O conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos (EUA), John Bolton, anunciou que o país vai posicionar um porta-aviões de grupamento de ataque e bombardeiros no Oriente Médio, em sinal de dissuasão ao Irã.
Nesse domingo, Bolton declarou que os Estados Unidos estão enviando formação de combate com o porta-aviões USS Abraham Lincoln e uma força-tarefa de bombardeiros para a região.
O objetivo é enviar uma mensagem clara e evidente para o regime iraniano de que qualquer ataque que venha a ferir os interesses norte-americanos ou de seus aliados será retaliado com força implacável.
Segundo o conselheiro, os EUA não estão querendo guerra com o regime do Irã.
A imprensa americana divulgou a fala de uma autoridade do governo, de que as forças militares teriam sido enviadas como medida de dissuasão, devido à possível movimentação do Irã e de seus representantes, que poderia sugerir prováveis ataques às forças americanas na região.

Escrito por:

Agência Brasil