Publicado 16/05/2019 - 11h22 - Atualizado 16/05/2019 - 11h22

Por Paulo Santana

O técnico André Jardine, ex-São Paulo, vai começar a preparar o grupo para o Torneio Pré-Olímpico que será disputado em janeiro, na Colômbia

Lucas Figueiredo/CBF

O técnico André Jardine, ex-São Paulo, vai começar a preparar o grupo para o Torneio Pré-Olímpico que será disputado em janeiro, na Colômbia

Dois atletas criados na base da Ponte Preta vão defender a Seleção Brasileira Olímpica no Torneio de Toulon, na França, entre os dias 1º e 15 de junho. O goleiro Ivan, titular absoluto da Macaca, e o lateral-direito Emerson, que passou por todas as categorias menores e deixou o clube campineiro em 2017, fazem parte da lista de 22 atletas anunciada ontem pelo técnico André Jardine.
Ivan, que assumiu a vaga de Aranha no início de 2018, segue o caminho de outros goleiros revelados na base alvinegra como Moacir Cachorrão (Torneio de Cannes 1973), Waldir Perez (seleção principal de 1975 a 1982), Carlos Gallo (Olímpiada de 1976 e Copas do Mundo de 1982, 86 e 90), João Brigatti (Mundiais Sub-20 de 1981 e 1983), Sérgio Guedes (seleção principal no início dos anos 90), entre outros.
"É a realização de um sonho de criança. Sempre vi jogos da Seleção e planejei estar lá desde que comecei a jogar, ainda mais pela tradição que a Ponte tem de revelar goleiros. Espero continuar com essa regularidade para ajudar a Ponte Preta na Série B e agora a Seleção Brasileira", afirma Ivan, que também chegou a jogar no sub-15 do Guarani.
Com a convocação, Ivan agora fará apenas mais dois jogos pela Macaca pela Série B antes da parada para a Copa América. Amanhã, às 21h30, contra Operário-PR, e no no dia 25, diante do Paraná, também no Majestoso. Depois disso, desfalcará a equipe nas partidas com o Cuiabá (fora), Botafogo-SP (casa) e Londrina (fora).
Mesmo perdendo um dos jogadores mais importantes do elenco, o treinador Jorginho não lamenta. "Eu sei o quanto uma convocação pata a Seleção é importante no crescimento profissional de um atleta. O Ivan merece e a gente tem como repor", disse.
Prata da casa
O lateral Emerson, que jogou apenas uma edição do Paulista como profissional da Macaca em 2017, foi logo negociado com o Atlético-MG. Hoje, defende o Betis, da Espanha. Ele foi emprestado pelo Barcelona que comprou seus direitos junto ao Galo por R$ 50 milhões.
O atleta, de apenas 21 anos, chegou em fevereiro e ainda não se adaptou ao novo clube. "Todos pensávamos que pouco a pouco ele poderia ir assumindo seu lugar e pudesse ser relacionado na equipe, mas surpreendentemente não tem sido assim. Disputou só cinco minutos na derrota por 3 a 1 pela rodada de volta da Liga Europa contra o Rennes", conta o articulista José Antonio Pérez, que acompanha o Betis de perto.
Convocação vai desfalcar vários times brasileiros
De olho nos Jogos de Tóquio-2020, o técnico André Jardine fez ontem a sua primeira convocação à frente da Seleção Brasileira Olímpica. E, com uma lista recheada de jogadores que atuam em solo nacional, vai desfalcar diversos times brasileiros. A convocação deve até antecipar a despedida de Rodrygo do Santos.
Ao todo, ele convocou 22 atletas de até 22 anos para a disputa do Torneio de Toulon. Será a primeira competição preparatória da equipe de olho no Torneio Pré-Olímpico, que será disputado em janeiro, na Colômbia — a competição vai classificar duas seleções para os Jogos de Tóquio.
A maior baixa deve ser a de Rodrygo, que deixará o Santos no meio do ano para reforçar o Real Madrid. Com a convocação, a despedida será antecipada. Assim, o jovem atacante deve jogar sua última partida com a camisa do Santos no dia 26, no duelo contra o Internacional, na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Brasileirão.
O Corinthians também terá motivos para se preocupar. Pedrinho e Mateus Vital foram convocados e devem, portanto, desfalcar o time em cinco partidas, incluindo o jogo da volta contra o Flamengo, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e o clássico com o Santos, pelo Brasileirão, em 12 de junho.
Já o São Paulo não poderá contar com o atacante Antony em quatro compromissos, incluindo a partida contra o Bahia, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Em Toulon, a Seleção Brasileira vai estrear em 2 de junho, contra a Guatemala. Três dias depois, enfrentará a anfitriã França. No dia 8, será a vez de jogar contra o Catar, no encerramento da primeira fase. (Estadão Conteúdo)
CONVOCADOS
Goleiros
Lucão (Vasco), Lucas Perri (Crystal Palace) e Ivan (Ponte Preta)
Defensores
Gabriel (Lille), Murilo Paim (Cruzeiro), Luiz Felipe (Lazio), Lyanco (Bologna), Emerson (Betis), Guga (Atlético-MG), Iago Borduchi (Internacional) e Renan Lodi (Athletico-PR)
Meio-campistas
Douglas Luiz (Girona), Thiago Maia (Lille), Tabata (Portimonense), Wendel (Sporting), Mateus Vital (Corinthians) e Matheus Henrique (Grêmio)
Atacantes
Pedrinho (Corinthians), Matheus Cunha (RB Leipzig), Rodrygo (Santos), Antony (São Paulo) e Pedro (Fluminense)

Escrito por:

Paulo Santana