Publicado 08/05/2019 - 10h42 - Atualizado 08/05/2019 - 10h42

Por Paulo Santana

Apresentado recentemente, Renato Kayzer estava insatisfeito na Ponte

Cedoc/RAC

Apresentado recentemente, Renato Kayzer estava insatisfeito na Ponte

Duas rodadas e dois tropeços foram suficientes para a Ponte Preta dar início ao processo de reformulação no elenco. Ontem, a diretoria anunciou a saída de quatro jogadores. O lateral Luis Ricardo e o volante Igor Henrique tiveram seus contratos rescindidos. Já o meia-atacante Renato Kayzer e o atacante Júlio César, que estavam emprestados pelo Cruzeiro e Chapecoense, respectivamente, pediram o desligamento.
"É um processo de saídas e chegadas", resumiu o executivo de futebol Gustavo Bueno. "A gente optou pelo acordo na rescisão contratual do Luis Ricardo e Igor Henrique em virtude de uma reestruturação em nosso departamento", comentou, lembrando ainda da saída do atacante Hugo Cabral, que foi para o Cuiabá na semana passada.
Questionado se as rescisões de Luis Ricardo e Igor Henrique teriam sido motivadas por atos de indisciplina em Curitiba, onde a Ponte estreou na Série B, o gerente foi cauteloso. "Tem que se ter muito cuidado com essa questão. Não se tem prova e não procede. A situação de rescisão, volto a repetir, se deu por reestrutura do nosso elenco. Quando se cria qualquer outro cenário fora disso tem que ter prova porque envolve família e caráter das pessoas."
A respeito de Kayzer e Júlio César, o dirigente disse que sabia do descontentamento de ambos, mas foi pego de surpresa com o pedido de saída. "Eles colocaram que estavam descontentes e não tinham mais interesse de permanecer no clube. Sempre frisamos aqui que gostaríamos de contar com quem tem interesse total na Ponte", disse.
Bueno disse que a Macaca já está no mercado em busca de novas peças. O atacante Lucas Silva, que pertence ao Flamengo, está bem próximo do acerto. "Acreditamos que possa acontecer na maior brevidade possível", confirma o dirigente. O meia-atacante Marquinhos, do Corinthians, também está perto do Majestoso.
Ontem, o atacante Ítalo, contratado do XV de Piracicaba, começou a treinar com os novos companheiros. Além dele, o volante Romão e o atacante Gabriel Lima, que estavam no sub-23, foram promovidos.
Ivan
O goleiro Ivan foi convocado ontem para defender a Seleção Pré-Olímpica que fará três amistosos em maio e junho. Os jogos servirão para o técnico Sylvinho definir quais jogadores serão convocados para o torneio pré-olímpico que acontecerá no ano que vem, na Colômbia.

Escrito por:

Paulo Santana