Publicado 05/05/2019 - 11h23 - Atualizado // - h

Por Estadão Conteudo

Grande candidato ao prêmio de Jogador mais Valioso (MVP) da NBA, Harden anotou 41 pontos

Divulgação

Grande candidato ao prêmio de Jogador mais Valioso (MVP) da NBA, Harden anotou 41 pontos

Mesmo com o olho esquerdo ainda bastante machucado, James Harden foi o grande destaque do Houston Rockets na vitória na prorrogação sobre o Golden State Warriors, por 126 a 121 em duelo das semifinais da Conferência Oeste. No tempo normal houve empate em 112 pontos. O time do Texas obteve a primeira vitória na série, que é liderada pela equipe de Oakland por 2 a 1. As duas equipes voltam a se enfrentar nesta segunda-feira, mais uma vez em Houston.
Grande candidato ao prêmio de Jogador mais Valioso (MVP) da NBA, Harden anotou 41 pontos, agarrou nove rebotes, acertou cinco de 13 tentativas de cestas de três pontos e ainda fez os cinco últimos pontos do time na prorrogação. O desempenho do armador não foi prejudicado pela lesão que sofreu nos olhos no jogo de terça-feira, quando se chocou com Draymond Green ao tentar agarrar um rebote de seu próprio arremesso. Na oportunidade, o "Barba", como é conhecido, saiu da quadra, foi atendido pelos médicos, voltou para o jogo e ainda fez 29 pontos.
Chris Paul foi outro destaque dos Rockets, ao somar 14 pontos, oito rebotes, sete assistências e uma roubada de bola. O único ponto negativo do jogador foi registrado no último ataque da equipe no tempo normal, quando o armador tentou uma bandeja, mas foi impedido por Klay Thompson.
O suíço Clint Capela também teve boa participação, ao obter um double-double com 13 pontos e 11 rebotes. Em um dos lances mais espetaculares do jogo, o pivô deu um toco sensacional em Andre Iguodala no fim do primeiro quarto.
O técnico Mike D'Antoni elogiou o time todo. "Todos os jogadores, incluindo Harden, que está em outro nível, fizeram uma grande partida. PJ Tucker foi importante na defesa, enquanto Iman Shumpert e Austin Rivers foram decisivos para a nossa vitória."
Do lado dos Warriors, Kevin Durant, mais uma vez, esteve irrepreensível. O ala marcou 46 pontos, ao acertar 14 de 31 arremessos, incluindo seis de dez de três pontos. "Nos playoffs o que interessa é o resultado final. As estatísticas não servem", disse o jogador, que atingiu a marca de 3.957 pontos, ultrapassando Dwane Wade, e assumindo o décimo lugar na lista dos maiores pontuadores em playoffs. "Nada disso importa, agora temos de pensar no quarto jogo e tentar corrigir os nossos defeitos."
Junto a Durant, os outros quatro titulares de Golden State tiveram marcas com dois dígitos, incluindo o ala-pivô Draymond Green, que obteve um triple-doble (19 pontos, 11 rebotes e 10 assistências), além de dois tocos. Stephen Curry, com uma lesão no dedo médio da mão esquerda, falhou em várias penetrações e acabou com 17 pontos, ao acertar 7 de 23 arremessos, dos quais dois de 9 triplos, e quatro assistências.
"Penso que os Rockets jogaram muito bem e mereceram a vitória", disse o técnico Steve Kerr, dos Warriors. "Desde o início do jogo conseguiram mexer bem no time e também fizeram um ótimo trabalho defensivo."
Neste domingo, dois jogos serão realizados. Com vantagem de 2 a 1 na série, o Philadelphia 76ers recebe o Toronto Raptors, enquanto o Denver Nuggets, na quadra do adversário, tenta obter a segunda vitória para igualar a disputa com o Portland Trailblazers.

Escrito por:

Estadão Conteudo