Publicado 11/05/2019 - 16h23 - Atualizado 11/05/2019 - 16h23

Por Da Agência Anhanguera

Bob Marley e Doc Miranda: Morte do jamaicano é lembrada no Tributo ao Rei do Reggae, com as bandas Adube e Reggae Spirit

ChaCumBolo/Divulgação

Bob Marley e Doc Miranda: Morte do jamaicano é lembrada no Tributo ao Rei do Reggae, com as bandas Adube e Reggae Spirit

Bob Marley morreu precocemente aos 36 anos, num hospital em Miami (EUA), em 11 de maio de 1981. Mas em seu curto tempo de vida deixou um legado inestimável, tornando-se o maior ícone do gênero de todos os tempos, tendo vendido mais de 75 milhões de discos. O reggae jamaicano ganhou destaque no cenário mundial a partir da década de 60, ao misturar músicas caribenhas, latinas, africanas e norte-americanas.
No final do ano passado, entrou na lista de Patrimônio Imaterial da Humanidade da Unesco. Nas comemorações do Dia Nacional do Reggae, criado para homenagear Bob Marley no dia de sua morte, o Kabana Bar, espaço totalmente dedicado ao reggae, promove um Tributo ao Rei do Reggae, uma regueira com as bandas Adube e Reggae Spirit e discotecagem a cargo do DJ Buiu, com seu reggae raiz.
“Bob Marley é o maior representante da fé rastafari e do movimento reggae no mundo. Ele viveu e difundiu a filosofia rasta, visando a união das raças. Foi também um dos maiores defensores da paz mundial e da cultura negra”, afirma Doc Miranda, vocalista e líder da Reggae Spirit, a primeira banda de reggae do interior paulista, criada em 1987, frisando que como um dos primeiros divulgadores do ritmo, “não poderia ficar fora dessa justa homenagem”.
AGENDE-SE
O quê: Tributo ao Rei do Reggae
Quando: Hoje (11/5), às 22h
Onde: Kabana Bar (Rua Romeu Tórtima, 485, Barão Geraldo, fone: 3201.8216)
Quanto: Até 22h, free; a partir das 22h, R$ 10,00 (com nome na lista) e R$ 15,00 (sem nome na lista)

Escrito por:

Da Agência Anhanguera