Publicado 07/05/2019 - 12h18 - Atualizado 07/05/2019 - 12h18

Por Da Agência Anhanguera

Quartetto Sentinela resgata grandes sucessos do movimento Clube da Esquina, além de apresentar canções autorais de sus integrantes, sempre com foco na mineirice do grupo

Divulgação

Quartetto Sentinela resgata grandes sucessos do movimento Clube da Esquina, além de apresentar canções autorais de sus integrantes, sempre com foco na mineirice do grupo

Com 14 anos de estrada, a banda mineira Quartetto Sentinela se apresenta hoje no Teatro Municipal José de Castro Mendes relembrando as canções do movimento musical Clube da Esquina, que marcaram gerações, além de abrir espaço para a produção autoral de seus integrantes e parceiros mineiros. Formado por Cláudio Ribeiro "Casquídeo" (violão, baixo e voz), Gabriel Gomes (bateria), Eric Furlan (guitarra e violão) e Tutuca, (voz), a banda tem em sua formação, músicos de difententes gerações e rica atuação na cenário artístico.
Quartetto Sentinela resgata grandes sucessos do movimento Clube da Esquina, além de apresentar canções autorais de sus integrantes, sempre com foco na mineirice do grupo
“O intuito da banda é levar ao público a sonoridade mineira e arranjos que fazem parte da história da música brasileira e do Clube da Esquina”, diz Eric Furlan, citando que parte dos integrantes da banda acompanharam Milton Nascimento em sua turnê nacional do álbum E Agente Sonhando, que concorreu ao Grammy Latino 2011.
No início deste ano, o grupo lançou seu novo álbum, que leva o nome da banda, Quartetto Sentinela, contando com as participações especiais de Renato Braz, Ivan Vilela, Kiko Continentino, Wagner Tiso, Tadeu Franco, entre outros, em show no lendário Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro, com a participação do maestro e compositor Wagner Tiso.
Furlan conta que o Quartetto Sentinela foi criado em 2005, em Alfenas, Minas Gerais. A formação original trazia Cláudio Ribeiro "Casquídeo" (violão, baixo e voz), Gabriel Gomes (bateria), Osmar Fernandes (teclados) e Tutuca (voz). Líder do grupo, Tutuca é filho do lendário guitarrista Frederah (Som Imaginário), sobrinho de Wagner Tiso e afilhado de Milton Nascimento, e leva ao palco uma profunda identificação musical com esses nomes que escreveram importantes páginas da música brasileira, o que traz diferencial às apresentações.
Em 2016 a banda sofreu a grande perda de Osmar Fernandes. A partir de então, incorporou o guitarrista Eric Furlan, antigo colaborador. Desde 2014 ganhou espaço e prestígio no cenário paulista, realizando shows pela Abaçaí (Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo) e, desde 2016, no Circuito Cultural Paulista, pela Associação Paulista dos Amigos da Arte, tendo circulado por cerca de 30 cidades do interior paulista, incluindo três grandes festivais nacionais (Ilha Solteira, Avaré e Botucatu).
No show em Campinas, o quarteto conta com a participação de dois convidados especiais: Carlos Tiso (piano) e Dedê Bonito (baixo)
Clube da Esquina
Movimento musical integrado por Milton Nascimento, Lô Borges, Toninho Horta, Beto Guedes, Marcio Borges, Túlio Mourão, Fernando Brant, Ronaldo Bastos e Wagner Tiso, entre outros, em sua maioria músicos mineiros, que se tornou conhecido a partir do lançamento, em 1972, do LP Clube da Esquina, liderado por Milton Nascimento e Lô Borges. O disco projetou a carreira individual de muitos dos músicos participantes, como Toninho Horta, Wagner Tiso e Beto Guedes.
O nome do movimento surgiu em função da esquina das ruas Paraisópolis e Divinópolis, no bairro de Santa Teresa, em Belo Horizonte, que servia como ponto de encontro dos músicos mineiros.
AGENDE-SE
O quê:  Show Tributo ao Clube da Esquina com Quartetto Sentinela
Quando: Hoje, às 20h
Onde: Teatro Castro Mendes (Praça Correa de Lemos, s/nº, Vila Industrial, fone: 3272-9359)
Quanto: R$ 30,00

Escrito por:

Da Agência Anhanguera