Publicado 14/05/2019 - 08h02 - Atualizado 14/05/2019 - 08h02

Por Eduardo Martins/Especial para a AAN

Jadson, em sua casa:

Leandro Ferreira/AAN

Jadson, em sua casa: "Eu estava muito triste com tudo. Fiquei surpreso ao saber que eles tinham arrecadado esse dinheiro que vai ajudar muito"

Jadson Barreira, vigia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), viveu momentos de desespero na última quinta-feira, dia 9, no momento em que estava voltando para casa após mais um dia de trabalho. Depois de receber seu salário e estar com o dinheiro contado para pagar as contas do mês, o trabalhador perdeu a carteira quando estava dentro do ônibus e não conseguiu conter o choro quando percebeu a falta que o montante faria naquele momento.
“Meu pagamento tinha saído naquele dia e sem ele não tenho condições de pagar minhas contas do mês. Quando me dei conta que a carteira não estava mais no meu bolso, o sentimento foi de enorme tristeza”, lembra o vigia. Ele não revelou o valor de seus vencimentos, mas a perda do dinheiro que estava na carteira superou os R$ 1 mil.
Cena de desespero
Aluno de engenharia agrícola da Unicamp, José Mário dos Santos Filho passava pelo Terminal Barão Geraldo no momento que o trabalhador tinha perdido a carteira e foi até Jadson para tentar oferecer ajuda. A situação sensibilizou o estudante, que postou em um grupo de alunos da universidade a história do vigilante e, prontamente, junto com outros amigos, surgiu a ideia de criar uma vaquinha on-line para ajudar o trabalhador.
“O objetivo da vaquinha era ajudá-lo, mas em nenhum momento imaginávamos que daria tão certo. Criamos na quinta-feira mesmo e já conseguimos R$ 590,00, na sexta-feira já tínhamos R$ 1.790,00 arrecadados e nesta segunda-feira temos R$ 1.965,00”, comemora José Mário, responsável pela corrente do bem.
Surpresa e satisfação
Há quase dois anos trabalhando na universidade, Jadson não conhecia José Mário, mesmo assim ele ressalta que é impossível não ficar feliz com a atitude do jovem. “Eu estava muito triste com tudo que tinha acontecido. Fiquei surpreso ao saber que eles tinham arrecadado esse dinheiro que vai ajudar muito”, destaca, entre animado, aliviado e bastante agradecido pela iniciativa dos jovens universitários.
Para os interessados em colaborar com o vigilante, basta acessar o link http://vaka.me/572172. As doações ocorrem até a próxima segunda-feira, 20 de maio. Após o encerramento da vaquinha, serão necessários 14 dias para todo o valor doado chegar ao beneficiado.
DICA DO LEITOR
GABRIEL BASSO PEREIRA,
Estudante de engenharia agrícola da Unicamp
Por um mundo mais solidário
A belíssima história que agora pode ser contada só foi possível pela rebeldia de um estudante, que decidiu sair de sua zona de conforto e perceber o problema do próximo. Este primeiro passo desencadeou uma solidária corrente de empatia, e os recompensados não são somente o vigilante Jadson Barreira e sua família, como também todos aqueles que dispuseram de seu tempo e dinheiro pelo companheiro. Compartilhei para que outras pessoas possam ser inspiradas como eu.

Escrito por:

Eduardo Martins/Especial para a AAN