Publicado 14/05/2019 - 07h40 - Atualizado 14/05/2019 - 07h40

Por Da Agência Anhanguera

O trecho bloqueado está entre os Km 134 e 131 da pista expressa

Cedoc/RAC

O trecho bloqueado está entre os Km 134 e 131 da pista expressa

Um trecho de 3km da Rodovia D. Pedro I (SP-065), entre os Km 134 e 131, da pista expressa sentido Jacareí, será interditado a partir das 14h de hoje. Com o bloqueio, o tráfego será desviado para a via marginal. Uma intervenção nos mesmos moldes foi implantada no início do mês na pista sentido Anhanguera. As ações são necessárias para que seja efetuada a última etapa das obras de remodelação e adequação dos trevos Galleria e Carrefour, que também contempla a recuperação e o alargamento de outros três viadutos.
O pacote de obras tem investimento de R$ 40,3 milhões por parte da Rota das Bandeiras. O cronograma inicial prevê que o bloqueio das pistas expressas da rodovia perdure até dezembro deste ano, quando as obras devem ser entregues.
Para viabilizar a medida, a concessionária Rota das Bandeiras, que administra o Corredor D. Pedro, entregou um novo trecho de pistas marginais na manhã de ontem. Agora, a rodovia passa a ter faixas adicionais, nos dois sentidos, entre os trevos da Leroy Merlin e Amarais, do km 129 ao km 143.
O desvio terá início no km 134, pouco depois do entroncamento com a Rodovia Governador Adhemar de Barros (SP-340), a Campinas-Mogi. O retorno para a via expressa será possível 3km à frente, após o Galleria Shopping. A expectativa da concessionária é de que haja lentidão no trecho, sobretudo no horário de pico de fim de tarde, entre 17h e 19h. No período da manhã, o maior movimento esperado será na faixa das 7h às 9h.
Murilo Perez, coordenador de tráfego da Rota das Bandeiras, explica que uma lentidão maior nos primeiros dias é um reflexo natural, até que os motoristas se acostumem com a mudança. "Foi o que aconteceu na pista sentido Anhanguera. Após os dois primeiros dias, o trânsito passou a se comportar de forma bastante satisfatória, nunca ultrapassando de 20 minutos o tempo para passagem na região”, disse.
Toda a região recebeu sinalização especial, inclusive para o período noturno, e o limite de velocidade no trecho será reduzido para 60 km/h. Seis linhas de ônibus da Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU) e três da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) terão aumento do tempo de percurso em razão do bloqueio. Não haverá, contudo, alteração de pontos de embarque e desembarque de passageiros.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera