Publicado 10/05/2019 - 14h30 - Atualizado 10/05/2019 - 14h58

Por Alenita Ramirez/AAN

O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM)

Divulgação

O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM)

Um homem de 25 anos foi preso após agredir a mulher, uma motorista de 29 anos, na frente da casa dos pais dela, no Jardim Novo Espírito Santo, em Valinhos, anteontem de manhã. A agressão foi registrada por uma câmera de segurança de um imóvel vizinho. O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) como violência doméstica, lesão corporal, injúria, ameaça e danos. Além da mulher, o rapaz também agrediu o cunhado dela.
Pelas imagens, o técnico em telecomunicações Guilherme Correa Ortiz, para o carro no meio da rua, em frente ao portão da casa dos pais da motorista, desce, segue até o portão e chama pela mulher por alguns minutos.
Como ela não aparece, ele sobe no carro e dirige até próximo a esquina e novamente para no meio da rua e volta para a casa da mulher. No entanto, desta vez, após insistir alguns segundos em chamá-la, ele vai até o carro dela que está estacionado na calçada e arromba o porta-malas, entra e destrava a porta.
A moça vê a cena e sai na rua, mas é atacada pelo marido. Ele dá chutes, socos e a puxa pelos cabelos. Ela tenta reagir, mas não consegue.
Um cunhado dela aparece com um pedaço de pau em punho para ajudar a vítima, mas também é dominado pelo técnico.
Em depoimento à Polícia Civil, a vítima contou que conviveu com o agressor por três anos, e que do relacionamento tiveram uma filha, de três meses. A mulher disse que o relacionamento era conturbado e após o nascimento da bebê decidiu morar com os pais para "a segurança dela e da filha".
Segundo o registro da ocorrência, o agressor foi até o imóvel para pedir seu RG, que estava no carro dela.
Vizinhos que viram a agressão seguraram o rapaz até a chegada da Polícia Militar (PM), que foi acionada. Foi arbitrada fiança de R$ 5 mil, mas ele não pagou e foi preso.

Escrito por:

Alenita Ramirez/AAN