Publicado 08/05/2019 - 11h32 - Atualizado 08/05/2019 - 14h47

Por Alenita Ramirez

Em 30 min, John Boyd Dunlop registra 2 acidentes

Denny Cesare/AAN

Em 30 min, John Boyd Dunlop registra 2 acidentes

A Avenida John Boyd Dunlop, em Campinas, registrou dois acidentes envolvendo motociclistas, em um período de 30 minutos, na manhã desta quarta-feira (8). Em um dos casos, a vítima foi atropelada por um ônibus coletivo, depois que já havia se envolvido em outro acidente. Os motociclistas tiveram ferimentos graves e foram socorridos nos hospitais de Clínica (HC) da Unicamp e Ouro Verde, sem risco de morte. Ninguém foi preso. Os acidentes foram no sentido bairro e houve lentidão no trânsito até as 8h40.
O primeiro acidente foi por volta das 7h, próximo a Rua Francisco Alves do Pinho, na região da Cerâmica V8, no bairro Nova Esperança. Foi uma colisão lateral envolvendo uma moto e um carro Sandero. O condutor da moto, de 25 anos, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao HC pelo helicóptero Águia, da Polícia Militar (PM).
Em 30 min, John Boyd Dunlop registra 2 acidentes
Após a colisão, o Sandero capotou, mas o ocupante do automóvel sofreu ferimentos leves e não precisou de atendimento.
Segundo a Empresa Municipal de Desenvolvimento da cidade (Emdec), o acidente ocorreu no sentido centro/bairro, na faixa da direita da pista e fez com que o trecho fosse bloqueado, o que gerou lentidão no trânsito.
Já, o segundo acidente aconteceu por volta das 7h30, na altura do cruzamento da Jonh Boyd com Rua Achiles Bertoldi, na região do Jardim Satélite Iris. No local uma moto bateu na traseira de um Siena. O motociclista de 58 anos caiu ao chão e um ônibus do transporte coletivo acabou passando por cima de sua perna.
Segundo a Emdec, o motorista do coletivo não percebeu e seguiu viagem. A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Ouro Verde.

Escrito por:

Alenita Ramirez