Publicado 08/05/2019 - 07h58 - Atualizado 08/05/2019 - 07h58

Por Da Agência Anhanguera

Fórum discute desastres das barragens em Minas

Divulgação

Fórum discute desastres das barragens em Minas

O Fórum Permanente "O Desastre da Mina Córrego do Feijão (MG): universidade e a sociedade em busca de soluções", que ocorre hoje no Centro de Convenções da Unicamp, discute o rompimento das barragens em Brumadinho e Mariana, reunindo dados do que se sabe sobre as causas do desastre, sobre a legislação de barragens e sobre a situação da população que habita a região. O Fórum é destinado tanto a pesquisadores quanto a pessoas interessadas em entender os rompimentos.
De acordo com o professor Jefferson Picanço, do Instituto de Geociências da Unicamp (IG), que lidera o Grupo de Pesquisa e Ação em Conflitos, Riscos e Impactos Associados a Barragens (CRIAB), criado para estudar Brumadinho, a programação foi elaborada de modo a abranger diferentes aspectos do desastre.
Serão discutidos de modo mais pontual o rompimento das barragens, mas já refletindo esse acontecimento, com discussões envolvendo marcos legais e técnicos, impactos de curto, médio e longo prazos em termos econômicos e sociais e no meio físico, além dos riscos envolvidos pela presença de barragens de rejeito.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera