Publicado 04/05/2019 - 09h23 - Atualizado 04/05/2019 - 09h25

Por Francisco Lima Neto/AAN

Intenção é melhorar a baixa adesão do público alvo hoje, quando todos os postos da cidade estarão abertos

Divulgação

Intenção é melhorar a baixa adesão do público alvo hoje, quando todos os postos da cidade estarão abertos

A adesão à vacina contra a Influenza em Campinas está abaixo do esperado pela Prefeitura, principalmente entre os professores e profissionais da saúde. O balanço divulgado ontem aponta 95.259 doses aplicadas no total, o equivalente 34,92% da cobertura dos grupos de risco. A meta é vacinar 90% de 272.758 pessoas. No caso dos professores, a cobertura está em 21,65%, e entre os profissionais da saúde, 22,63%. Hoje acontece o Dia D de mobilização da Campanha de Vacinação contra a gripe. Serão 89 postos de vacinação, entre centros de saúde e locais estratégicos, abertos das 8h às 17h. Quem quiser tomar a vacina deve levar um documento de identidade com foto e, se tiver, a carteira de vacinação.
Devem receber a vacina as pessoas a partir de 60 anos, crianças entre seis meses e menores de seis anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após parto), pessoas privadas de liberdade e os funcionários do sistema prisional. A meta da vacinação é atingir 90% de 272.758 pessoas classificadas como público-alvo no município. Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais também precisam tomar a vacina. O Dia D ocorre nacionalmente e postos de todo o País estarão abertos hoje. Além do dia D, a campanha segue até 31 de maio nos 66 centros de saúde de Campinas.
É importante que as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários tomem a vacina o quanto antes para que seja iniciada a produção de anticorpos. A vacina protege contra as gripes A (H1N1 e H3N2) e B. Ela é formada por vírus inativados, fragmentada e purificados. A vacina não contém vírus vivos e não causa a doença. Mesmo quem já tenha tomado a vacina antes deve se vacinar, pois sua composição muda anualmente para proteger contra os subtipos do vírus da gripe que mais circulam.
Balanço
A campanha começou no dia 10 de abril e até o momento foram aplicadas 95.259 doses de vacina, o que representa uma cobertura vacinal de 34,92% dos grupos prioritários. Por grupo, a cobertura vacinal atingiu 35,08% das crianças (25.589 doses); 22,63% dos trabalhadores de saúde (9.298 doses); 40,06% das gestantes (4.554 doses), 73,35% das puérperas (1.371 doses); 38,51% dos idosos (52.412 pessoas) e 21,65% dos professores (2.035 doses).
Também foram vacinados 16.533 portadores de doenças crônicas. Em 2018, a cobertura da campanha de vacinação contra a gripe atingiu 86,26% do público-alvo, com 222.530 doses aplicadas.
PS infantil do Ouro Verde será entregue
O prefeito de Campinas Jonas Donizette entrega hoje o Pronto Socorro infantil do Hospital Ouro Verde. A reforma foi iniciada em setembro de 2018 e faz parte da recuperação da estrutura do hospital, que agora está incorporado à Rede Mário Gatti de urgência, emergência e hospitalar. O PS adulto continua em obras e estão sendo reformados os banheiros e a recepção. A obra deverá ser entregue até setembro.
Foram investidos R$ 3,4 milhões nas reformas dos dois prontos-socorros (R$ 2,6 milhões no infantil e R$ 810 mil no adulto), garantindo atendimento mais eficiente e beneficiando a população do distrito do Ouro Verde e de outras regiões da cidade.
Também serão compradas novas macas, mesas, cadeiras, escadas de maca e suportes de soro. Na ala de atendimento infantil foram construídos consultórios, recepção, salas de observação, Raio-X, isolamento, urgência, inalação e banheiros. A reforma vai garantir acessibilidade a todos os compartimentos da unidade.

Escrito por:

Francisco Lima Neto/AAN