Publicado 30/05/2019 - 06h00 - Atualizado 29/05/2019 - 14h48

Por Do Correio

O físico brasileiro César Lattes

Reprodução

O físico brasileiro César Lattes

CÉSAR LATTES REVOLUCIONA A FÍSICA
O físico brasileiro César Lattes, do Instituto de Física da Universidade de Campinas revolucionou os conceitos da física em todo o mundo: identificou através de suas pesquisas, um nova estado da matéria, descoberta que modificará depois de ampliada, os mais básicos conceitos sobre a Física em lodo o mundo. Tudo isso é fruto de uns estudo realizado por Lattes e mais sua equipe de 50 físicos brasileiros e japoneses, durante os últimos seis anos, na Bolívia, sobre radiações cósmicas. Segundo suas declarações aos jornais, a descoberta pode ser sintetizada assim "A evidencia que se vem apresentando desde 1964, nas pesquisas que estamos realizando, é que a produção múltipla de Mesons, não se faz diretamente na colisão dos núcleos, mas através de um estágio intermediá-rio. que na minha opinião, é um novo estado da matéria ainda não detectado".
 
AMBIENTE HOSTIL A ROCKEFELLER
Estudantes e policiais entraram em choque ontem aqui, durante violentas manifestações centra a presença no Equador do Governador de Nova Iorque, Nelson Rockefeller. As casas comerciais fecharam suas portas. Os choques mais violentos se produziram na Cidade Universitária, onde a polícia tentava impedir que os manifestantes saíssem para vaiar o enviado norte-americano. Apesar de abundantes gases lacrimogênios, a polícia viu-se às vezes impotente para reprimir comícios relâmpagos realizados em vários pontos da cidade. A Cruz Vermelha informou que havia atendido a vários feridos.
 
TRÉGUA DE BUDA NO VIETNÃ
A "Trégua de Buda" observa-da pela Frente Nacional de Libertação do Vietnã do Sul começou hoje, no território vietnamita, às 7 h locais. "Trégua de Buda", observada pela Frente Nacional de Libertação do Vietnã do Sul (FNL), começou hoje em todo o território vietnamita às 7,00 horas locais, anunciou-se hoje de fonte oficial. Os comandos norte-americano e sul-vietnamita anunciaram que nenhum incidente "por iniciativa do inimigo" registraram-se doze horas depois da interrupção das operações.

Escrito por:

Do Correio