Publicado 29/05/2019 - 06h00 - Atualizado 28/05/2019 - 14h48

Por Do Correio

Aldeia dos índios Kraós

Reprodução

Aldeia dos índios Kraós

VIAGEM À DISTANTE TERRA DOS KRAÓS
A expedição campineira constituída dos senhores vereador Eliseu Guidotti, Domingos Marques da Silva, Jovino Marques da Silva, Hernani Grieco e Jorbes da Silva, após acidentada viagem, atingiu a aldeia Kraó, na região de Pedra Branca, no alto Tocantins. Cumpriu assim, integralmente, seu objetivo de levar de volta os dez índios Kraós que estiveram em nossa cidade, em busca de socorro para seus companheiros. Os viajantes campineiros procederam também à entrega dos gêneros alimentícios, roupas, enfeites, e especialmente dos instrumentos para a lavoura, ofertados por colégios, e pela industria e comércio de nossa terra. Puderam ainda documentar fatos relativos à vida, hábitos, condições de vida e aspirações dos Kraós, e estas informações constituem o tema desta série de reportagens.
 
DESVIO DO ATIBAIA PARA ABASTECIMENTO DA CAPITAL
Estudos se processam nos órgãos técnicos estaduais da capital objetivando o represamento dos três rios da zona de Campinas, Jaguari, Atibainha e Cachoeirinha para abastecer São Paulo do precioso liquido. Essa matéria já foi ventilada, há tempos, quando se previu a possibilidade de ser prejudicada a nossa cidade com a retirada de águas do Atibaia, bem assim outras vizinhas, como Americana, Atibaia, prejudicando, dêsse modo os seus abastecimentos Preocupação dos campineiros, nesse particular, se fêz sentir, por ocasião da recente palestra do dr. Alfredo Sizenando Ribeiro no auditório do Palácio dos Jequitibás, quando se deu a entrega dos projetos da Quarta Adutora.
 
SATÉLITE SOVIÉTICO PODERIA SER TRIPULADO
A sonda espacial soviética Zond, cujos dois exemplares já evolucionaram em torno da Lua em setembro e novembro últimos, antes de regressarem à Terra, poderia levar uma tripulação humana a bordo. Numa entrevista com a imprensa no aeroporto de Le Sourget, antes da Inauguração do salão de Aeronáutica Internacional, o cosmonauta soviético Vladimir Chatalov afirmou que a cápsula Zond era suficientemente grande para ser pilotada por cosmonautas. O Zond-5 lançado em setembro, amerrissou no Oceano Indico sete dias após seu lançamento.

Escrito por:

Do Correio