Publicado 23/05/2019 - 06h00 - Atualizado 22/05/2019 - 14h36

Por Do Correio

Monumento ao soldado constitucionalista

Reprodução

Monumento ao soldado constitucionalista

DIA DO SOLDADO CONSTITUCIONALISTA É COMEMORADO
"Não é túmulo: é berço. É sementeira de ideal; baliza do futuro; pista, rastro de heróis em terra campineira. Sôbre eles, côr a côr, lista por lista, eternizou seu vôo essa Bandeira, petrificou-se o pavilhão paulista. Bandeirantes, por vós, nesta jazida velam as pedras, que esta morte é vida." Com estas palavras o poeta Campineiro, Guilherme de Almeida homenageia todos aqueles que durante 85 dias lutaram com São Paulo, como um homem só, contra o Brasil todo que naquela época era dominado pelo regime ditatorial. E hoje, 23 de maio é o Dia do Soldado Constitucionalista. A data assinala o prelúdio da Revolução Constitucionalista de 9 de julho de 1932, quando os jovens Martins, Miragaia, Drausio e Camargo tombaram na Praça da Sé, na Capital Paulista, varados pelas balas da ditadura.
 
CRIANÇAS COLABORAM PARA A CRUZADA DA GENEROSIDADE
A Cruzada da Generosidade lançada no Dia das Mães, em benefício da Cruzada das Senhoras Católicas, acaba de receber uma das mais simpáticas adesões: a das crianças de Campinas. Dando início a esta contribuição infantil, o Jardim da Infância e Pré-Primário "Chapeuzinho Vermelho" programou para o dia 29, às 14 horas, a solenidade de entrega dos envelopes, contendo a oferta das crianças, alunas dêste Educandário. Estarão presentes, tendo dado sua adesão: o Patrono da Cruzada, Coronel José de Albuquerque; os Diretores do movimento, Vereadora Enéa Caldatto Raphaelli e Major Pettená; a Presidente do C.S.C. D. Noêmia M. Rodrigues, e a redatora de "O Mundo da Criança", do Correio Popular.
 
ASTRONAUTAS NORTE-AMERICANOS VIRAM LUA DE PERTO
Dois cosmonautas norte-americanos se aproximaram hoje a apenas 15 quilômetros da Lua, na mais perigosa missão jamais realizada até agora na conquista do Cosmos. Thomas Stafford e Eugene Cernan, a bordo do minusculo Módulo Lunar - Snoopy", atingiram, às 21,31 horas GMT (18h31 hora do Brasil), o ponto mais baixo de sua órbita elíptica em tôrno da Lua, enquanto ao longe os aguardava John Young, pilotando sozinho a cabina-mãe Apolo-10, numa órbita circular de espera. As 21h45 GMT (18h45 hora do Brasil), o Módulo biplace e a cabina estavam separados por 640 quilômetros, a distância máxima entre eles durante a delicada operação.

Escrito por:

Do Correio