Publicado 17/05/2019 - 06h00 - Atualizado 16/05/2019 - 14h44

Por Do Correio

Isto seria uma rua da Vila Lemos

Reprodução

Isto seria uma rua da Vila Lemos

VILA LEMOS: UM BAIRRO ESQUECIDO
Como é do conhecimento de nossos leitores, "Nossos bairros são assim", procura abordar vários aspectos dos diversos núcleos residenciais campineiros. Procuramos aproveitar essa oportunidade para reivindicar melhorias para tais centros habitacionais. Assim, mostramos os melhoramentos que os bairros possuem, escolas, comércio, divertimentos e algum ponto mais notório e que chama a atenção. É o caso da Vila Lemos, notadamente no trecho em que a população do local chama de segunda parte. Na primeira parte, até que as coisas não são tão ruins assim, pois tem asfalto, luz, água encanada e outros melhoramentos existem. Mas, a outra é completamente desprovida de tais melhoramentos.
 
LANÇADA PEDRA FUNDAMENTAL DO EDIF. ROTARY
Com a presença de autoridades civis, militares e eclesiásticas, e grande número de rotarianos, foram realizadas ontem pela manhã, as solenidades de lançamento da pedra fundamental do Condomínio Edifício Rotary, que será erguido à rua General Osório 1.535. As cerimônias foram iniciadas com personalidades fazendo uso da palavra, dentre as quais os srs. dr. Tiber Gonda, pela companhia construtora; dr. Walter de Carvalho Garcia, pelos rotarianos e dr. Paulo Mangabeira Albernaz, presidente da Associação dos Rotarianos de Campinas. Todos os oradores discorreram sôbre a iniciativa do clube de serviço, enaltecendo o trabalho daqueles que mais se dedicaram para que aquêle velho sonho fôsse tornado realidade.
 
ASTRONAUTAS PARTEM HOJE PARA A LUA
Os técnicos de Cabo Kennedy corrigiram na manhã de ontem uma pequena falha surgida no sistema de pressão do Módulo Lunar, que acompanha a nave Apolo-10 afastando o perigo de adiamento do lançamento. já confirmado para as 13,48 horas de domingo (Hora de Brasília). A Apolo-10 iniciará, a missão norte-americana que precede a projetada descida do homem na superfície da Lua, e os três astronautas enfrentarão os maiores riscos corridos até agora pelos cosmonautas. A nave permanecerá em orbita um tempo superior a outras missões, e o seu Módulo Lunar será separado da nave-mãe a uma distância três vezes maior que registrada no vôo da Apolo-9.

Escrito por:

Do Correio