Publicado 12/05/2019 - 06h00 - Atualizado 14/05/2019 - 18h39

Por Do Correio

Uma rua do Parque Industrial

Reprodução

Uma rua do Parque Industrial

O PARQUE INDUSTRIAL, EM CAMPINAS, É ASSIM
Localizado entre os bairros da Vila Industrial, São Bernardo e Vila Pompeia, está um dos mais conceituados núcleos residenciais campineiros: o Parque Industrial. Embora seja de formação mais ou menos recente, o Parque Industrial conta com quase todos os melhoramentos necessários para o bom andamento da vida do bairro. Asfalto, luz, escolas, água, esgôto e outros são os melhoramentos públicos que o núcleo residencial oferece aos seus moradores. Além disso, o bairro conta com um bom comércio, e algumas indústrias que, formando um conjunto, lhe dão o nome Parque Industrial. No setor do comércio, o Parque está muito bem. pois conta com vários armazéns, bares, mercearias, padarias e outros estabelecimentos comerciais.
 
EXPEDICIONÁRIOS COMEMORAM VITÓRIA
Iniciadas na ultima segunda-feira, encerram-se hoje, com a inauguração da rua Marechal Mascarenhas de Moraes, no Jardim Eulina, inauguração de sete ruas com nomes das conquistas da FEB, e com oração sobre os acontecimentos da 2.a Guerra Mundial, as solenidades programadas pela Associação dos Expedicionários Campineiros para comemorar a Semana da Vitória. Como se recorda, durante todos os dias da semana que passou, os expedicionários campineiros estiveram em franca atividade, realizando festividades comemorativas ao término da 2.a Grande Guerra Mundial. Os expedicionários campineiros prestaram homenagem àqueles que partiram para a Europa.
 
HÁ 20 ANOS CORÉIA DO NORTE DESAFIA ONU
A derrubada de um avião desarmado de reconhecimento da Marinha dos EUA, em águas internacionais do Mar do Japão, constitui o mais recente ato agressivo por parte da Coréia do Norte, com total desprêzo dos princípios e resoluções das Nações Unidas que remontam a pouco depois do término da Segunda Guerra Mundial. Quando a guerra terminou com a derrota do Japão, a Coréia ficou libertada a 15 de agôsto de 1945. Nessa ocasião, a União Soviética tomou sob seu contrôle as tropas japonesas capituladas que se achavam ao norte do Paralelo 38.

Escrito por:

Do Correio