Publicado 27/04/2019 - 11h00 - Atualizado 27/04/2019 - 11h06

Por Paulo Santana

A camisa com o novo patrocinador foi mostrada nesta sexta-feira, 26

Luís Guilherme Martins/Ponte Press

A camisa com o novo patrocinador foi mostrada nesta sexta-feira, 26

A Philco é o novo patrocinador master da Ponte Preta para a disputa da Série B do Brasileiro. A marca tem um mix de cerca de 200 produtos nas linhas de cozinha, casa, climatização, refrigeração, cuidados pessoais, TVs, áudio, vídeo e informática. A empresa, que surgiu nos Estados Unidos no século 19, assume o espaço que era da Caixa e fica até dezembro com possibilidade de renovação.
"A Philco é uma marca forte e de grande tradição, assim como a Ponte Preta. Unir estes dois nomes nos traz muito orgulho. Temos certeza que esta parceria dará bons frutos para ambos" , disse o presidente do clube, José Armando Abdalla Junior.
Para o diretor Eric Silveira o "namoro antigo" terminou com final feliz. "O departamento de marketing já vinha trabalhando forte para consolidar este relacionamento. Estamos extremamente felizes pela Philco, uma empresa de tradição e qualidade reconhecidas mundialmente, se unir ao nosso time" , relata.
A estreia da nova camisa já acontece no jogo com o Coritiba, segunde-feira, às 20h, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, na rodada de abertura da Série B.
Por nota oficial, a diretoria da Philco declarou estar feliz em poder estampar a camisa de um clube como a Ponte Preta, que "vem se superando a cada dia e possui um grande potencial de crescimento" .
Por força de contrato, a divulgação de valores ou contrapartidas não podem ser reveladas. "Podemos dizer que receberemos uma suplementação de verbas muito positiva. Com certeza, nos ajudará nas despesas da instituição", garante Silveira.
Time
Por conta de uma virose, o técnico Jorginho não comandou o treino coletivo de ontem de manhã, no CT do Jardim Eulina, que praticamente definiu a formação para o duelo com o Coxa. Quem participou da entrevista coletiva e comandou a última atividade foi o auxiliar Luiz Fernando Iubel.
"Precisamos avaliar com calma o treino de sexta e o de sábado. O elenco oferece muitas situações. Precisamos avaliar com calma cada situação e decidir o que faz mais sentido: iniciar ou ter opções para o segundo tempo" , disse, citando nominalmente Matheus Vargas, Giovanni e Renato Kayzer. Destes, dois serão titulares.
O time titular deve ser formado por Ivan; Arnaldo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Edson, Gerson Magrão e Matheus Vargas (Giovanni); Júlio César, Renato Kayzer (Giovanni) e Thalles.

Escrito por:

Paulo Santana