Publicado 26/04/2019 - 11h22 - Atualizado 26/04/2019 - 11h23

Por Carlos Rodrigues

O estreante Arthur Rezende acredita que o fato de o resto do time já se conhecer vai facilitar sua adaptação

Letícia Martins/Guarani FC

O estreante Arthur Rezende acredita que o fato de o resto do time já se conhecer vai facilitar sua adaptação

O técnico Vinícius Eutrópio ainda não confirmou a escalação do Guarani para a estreia da Série B do Brasileiro, mas tudo leva a crer que a principal novidade na formação titular será a presença de Arthur Rezende. Uma das mais recentes contratações do clube, o meia ganhou a vaga de Rondinelly nos últimos treinamentos e deve receber a oportunidade de debutar com a camisa bugrina amanhã, às 16h30, na partida contra o Figueirense, no Brinco de Ouro.
O jogador chegou há pouco mais de duas semanas e agradou a comissão técnica durante as atividades do dia a dia, principalmente no último jogo-treino, contra o São Caetano, quando entrou no intervalo na vaga de Rondinelly e deu mais movimentação e dinamismo ao meio-campo. "A gente usa o treinamento para buscar espaço. Vim com esse pensamento e me dediquei ao máximo para conquistar a confiança da comissão técnica e poder estrear no jogo de sábado", disse. "Eu vinha numa boa sequência de jogos e se a oportunidade surgir, estou preparado", avaliou o meia, que disputou 11 jogos pelo Boavista esse ano.
Como o Guarani trocou poucas peças do Campeonato Paulista para o Brasileiro, Arthur Rezende entra numa equipe que já se conhece. Embora a falta de entrosamento possa pesar um pouco, o fato de o conjunto já ter atuado junto minimiza essa dificuldade. "O time já vem de uma base boa, jogando junto desde o início do ano. Individualmente vamos conversando para se adaptar ao estilo de cada um e a forma que gosta de jogar para encaixar o mais rápido possível".
Junto com a expectativa da estreia vem a responsabilidade por um bom resultado, principalmente pelo compromisso ser em casa. E para o meia, começar bem a Série B pode fazer uma diferença positiva. "É muito importante essa estreia diante do Figueirense. Vamos buscar uma boa apresentação e a vitória que tanto trabalhamos para conquistar, poder trazer a torcida para o nosso lado e caminharmos juntos para fazer uma boa Série B", destaca o jogador.
Hoje pela manhã, o Guarani faz a última atividade antes da partida e Vinícius Eutrópio, que ontem teve sua situação regularizada e dirigirá o time à beira do gramado, confirmará a equipe. Ele ainda mantém a dúvida na lateral-direita, mas Bruno Lima, que deve ser regularizado hoje, tem boas chances de deixar Léo Príncipe no banco. Na zaga, Xandão chegou a treinar entre os titulares, mas a tendência é que a dupla seja formada por Ferreira e Diego Giaretta.

Escrito por:

Carlos Rodrigues