Publicado 14/04/2019 - 14h28 - Atualizado 14/04/2019 - 14h29

Por Carlos Rodrigues

O técnico Vinícius Eutrópio não utilizou times diferentes e deu mais minutos àqueles que devem iniciar o campeonato como titulares

Cedoc/RAC

O técnico Vinícius Eutrópio não utilizou times diferentes e deu mais minutos àqueles que devem iniciar o campeonato como titulares

O Guarani realizou ontem o segundo teste antes da estreia na Série B do Brasileiro e mais uma vez não conseguiu a vitória. Em jogo-treino disputado no Brinco de Ouro com portões fechados para imprensa e torcida, o Bugre ficou no empate sem gols com o Ituano, que se prepara para a disputa da Série D. Diferentemente da derrota para o Rio Branco, na semana passada, o técnico Vinícius Eutrópio não utilizou times diferentes e deu mais minutos àqueles que devem iniciar o campeonato como titulares.
A equipe que iniciou o jogo-treino teve Giovanni; Léo Príncipe, Ferreira, Thalisson e Diego Giaretta; Fabrício Costa e Ricardinho; Mateusinho, Rondinelly e Felipe Amorim; Diego Cardoso. Na segunda etapa, o treinador bugrino fez uma troca no gol, com a entrada de Klever no lugar de Giovanni, além de Fernando Viana na vaga de Rondinelly. Depois, ainda observou o recém-chegado Arthur Rezende, que substituiu Diego Cardoso.
Assim como no teste da semana passada contra o Rio Branco, o jogo foi pegado, com o Guarani criando chances, mas não sabendo aproveitá-las. Na etapa inicial, Rondinelly teve duas boas oportunidades. Quem quase marcou também foi Arthur Rezende. Participativo nos minutos em que esteve em campo, o meia levou perigo em finalização de fora da área.
A partir de amanhã, o Bugre inicia a penúltima semana de preparação antes da estreia na Série B, que acontece no dia 27, contra o Figueirense, em Campinas. Na sexta-feira, o clube faz o último teste contra o São Caetano, no Brinco. O clube continua em busca de reforços e no início da semana confirmará as chegadas dos zagueiros Bruno Lima, que já treinou com o grupo, mas não foi anunciado, e Xandão, que ainda fica a serviço do Red Bull na decisão do Troféu do Interior. 

Escrito por:

Carlos Rodrigues