Publicado 30/04/2019 - 09h31 - Atualizado 30/04/2019 - 14h25

Por Da Agência Anhanguera

Aviso na recepção da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Padre Anchieta sobre a suspensão temporária dos serviços de raio X

Leandro Torres/AAN

Aviso na recepção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Padre Anchieta sobre a suspensão temporária dos serviços de raio X

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Padre Anchieta, na região Norte de Campinas, não irá realizar exames de raio X nesta semana. A Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar informou, em nota, que o equipamento analógico será substituído pelo digital, que tornará o processo mais ágil e trará melhoria na qualidade técnica dos exames.
Em razão da adequação e da instalação do novo aparelho, esse tipo de análise está suspensa desde a última segunda-feira (29). A UPA Anchieta funciona 24 horas por dia. O procedimento volta a ser realizado normalmente a partir da próxima segunda-feira.
O comunicado esclareceu ainda que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi orientado a destinar os pacientes que precisem de raio X para outras unidades. "As pessoas que procurarem o serviço e tiverem necessidade do exame serão encaminhadas para outras unidades, como as UPAs São José e Campo Grande e os Prontos-Socorros do Mário Gatti e Ouro Verde", diz trecho da nota.
Segundo a Prefeitura, o serviço de raio X será oferecido por uma empresa contratada para todos os serviços da Rede Mário Gatti. O contrato é por 24 meses no valor de R$ 25,9 milhões e inclui, além dos aparelhos de raio X, equipamentos de ultrassonografia, RH de médicos, técnicos de raio X, enfermagem específica da área — com custos de dois anos de salário e encargos — e a emissão de laudos de tomografia e de ressonância magnética para os hospitais Mário Gatti e Ouro Verde. Nas próximas semanas, em datas a serem definidas, a substituição também será feita nas UPAs São José e Campo Grande.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera