Publicado 27/04/2019 - 10h13 - Atualizado 27/04/2019 - 10h13

Por Alenita Ramirez

Uma estudante teve a clavícula fraturada após ser empurrada contra o muro da escola

Divulgação

Uma estudante teve a clavícula fraturada após ser empurrada contra o muro da escola

Dois bandidos levaram pânico a alunos da Escola Estadual Antônio da Costa Santos, na Vila Princesa, região de Viracopos, no distrito do Ouro Verde, em Campinas, na tarde da última segunda-feira. Durante o ataque, uma estudante de 13 anos teve a clavícula fraturada após ser empurrada contra o muro da escola, ao se negar a entregar o celular. Ninguém foi preso.
A Diretoria Regional de Ensino Campinas Oeste disse que tem parceria com a Polícia Militar (PM) para policiamento no entorno das unidades. A reportagem procurou a corporação por e-mail, mas não houve retorno. O assalto foi por volta das 13h, na entrada do período da tarde. No momento, havia um grande fluxo de alunos, já que o portão estava prestes a se fechar.
Os criminosos aparentavam ser jovens. Eles aparentavam não estar armados. Ao menos duas alunas foram atacadas e uma delas teve o celular levado. Segundo um pai de aluno, o número de vítimas só não foi maior porque a inspetora da escola viu a ação e passou a apitar para afastar os ladrões. Assustados, eles fugiram. A garota agredida foi socorrida pelos funcionários da escola, que acionaram a PM e os pais dela.

Escrito por:

Alenita Ramirez