Publicado 11/03/2019 - 16h14 - Atualizado // - h

Por Da Redação da Metrópole

No Recanto dos Lírios, Hilda Ruas Pizzatto, de blusa vermelha, 93 anos, adora estar com as companheiras, como é o caso de Ruth Salmoiraghi, também de 93 anos: acolhimento

Foto: Leandro Torres/AAN

No Recanto dos Lírios, Hilda Ruas Pizzatto, de blusa vermelha, 93 anos, adora estar com as companheiras, como é o caso de Ruth Salmoiraghi, também de 93 anos: acolhimento

Dar atenção e cuidados especiais para um idoso em casa é uma missão delicada. É importante que a família organize sua rotina e estruture o imóvel para deixá-lo seguro para seu bem-estar. Pensando em garantir uma condição de vida mais saudável a essas pessoas, muitos optam por casas de repousos especializadas. Mas nada de imaginar aquele estereótipo de asilo em que o idoso era abandonado. As moradias ou casas de repouso modernas atuam como uma grande família que mora junto e se preocupa em manter uma rotina agitada e com socialização. “Sempre buscando a melhoria contínua das necessidades de cada paciente para que cada um se sinta em casa. Eles acabam fazendo amizades e tendo várias atividades, pois em casa ficam sozinhos por conta da correria do dia a dia. Aqui, se sentem acolhidos, como se fosse uma família”, diz uma das proprietárias do Recanto dos Lírios, Danielle Mendes.

O trabalho realizado com o idoso se estende à sua família. “Temos um ótimo convívio com todos os pacientes e familiares que estão presentes todos os dias. Mesmo hoje, onde todos têm uma vida corrida, a escolha de colocar seus entes queridos numa casa de repouso, muitas vezes vem do próprio paciente, pois aqui encontram atenção, cuidado e carinho, e ainda fazem atividades. Procuramos dar uma atenção especial para que eles possam se sentir em casa. Nós formamos uma família mesmo”, completa o outro dono do Recanto, Junior Mendes. Além da socialização, outra vantagem é sua localização. “Estamos em uma área ampla e privilegiada em meio à natureza, permitindo um amanhecer com belas paisagens, para que o paciente possa andar e fazer exercícios como fisioterapia individual  ou em grupo, musicoterapia ao ar livre, dentre outras atividades, como jogos e pinturas”, comenta Danielle.

O local tem capacidade para 28 pacientes e conta com enfermagem 24 horas, médico, nutricionista, fisioterapeuta e os demais profissionais da área de saúde qualificados para cuidar dos idosos, acima de 60 anos. A paciente Hilda Ruas Pizzatto, de 93 anos, veio no inicio para passar um mês enquanto a filha estaria viajando, mas não quis mais ir embora da casa, onde mora há dois anos. Levou sua máquina de costura e continua fazendo pijamas para crianças carentes, como fez a vida toda. ‘’Gosto de estar aqui, o ambiente agradável e a gente tem carinho o tempo todo. Quando a coisa é boa a gente gosta” , afirma dona Hilda, feliz da vida.

Onde?
Casa de repouso Recanto dos Lírios
Rua Heminio Humberto Bertanio, Jardim das Paineiras, f. 3381-6217/ 99299-9696

Escrito por:

Da Redação da Metrópole