Publicado 14/03/2019 - 10h57 - Atualizado 14/03/2019 - 10h57

Por Paulo Santana

Reginaldo marcou contra o Guarani na vitória alvinegra por 3 a 2, no dia 5 de maio de 2018:

Denny Cesare/EC

Reginaldo marcou contra o Guarani na vitória alvinegra por 3 a 2, no dia 5 de maio de 2018: "Foi meu primeiro gol com a camisa da Ponte"

Único jogador do elenco da Ponte Preta a marcar gol em Dérbi, o zagueiro Reginaldo quer repetir a dose, sábado, às 19h, no clássico campineiro, que chega a sua 193ª edição. No duelo com o Guarani, dia 5 de maio do ano passado, pelo Brasileiro da Série B, ele anotou um na vitória de virada por 3 a 2, no Brinco de Ouro.
Agora, sua expectativa é fazer a festa diante do torcedor da Macaca. "Foi meu primeiro gol com a camisa da Ponte e ainda mais num clássico que vale muito mais para todo jogador", disse o atleta, que atuou também no confronto da volta, no Majestoso, que terminou sem gols.
Para Reginaldo, o fato de jogar em casa com torcida única não pesa a favor da equipe alvinegra. "Desde segunda-feira estamos mentalizando somente no Dérbi porque é um clássico e existe muita rivalidade em jogo. É um confronto à parte do campeonato", admite.
Mesmo correndo risco de jogar sabendo que não terá mais chance de classificação porque o Red Bull entra em campo amanhã e só precisa de um empate diante do São Bento, Reginaldo garante que nada vai mudar a concentração da Macaca. "Temos que pensar em nossa situação e ir em busca da vitória porque se trata de um jogo de muita importância para todos."
Desde ontem o técnico Jorginho determinou o fechamento total de todas atividades do time no Centro de Treinamento do Jardim Eulina. Apenas os primeiros 15 minutos foram abertos à imprensa para captação de imagens e para a costumeira entrevista coletiva. Depois, todo mundo precisou sair. A preparação continua hoje e termina amanhã, véspera do clássico.
Enquanto o rival não vence há duas rodadas, a Macaca tem mais pontos na tabela (16 a 14) e vem de duas vitórias seguidas. "Cada jogo é uma história diferente. Temos que esquecer este lado de favoritismo, respeitar a equipe do Guarani e tentar todas as possibilidades para vencer no sábado", comentou Reginaldo.
Ingressos
Até ontem, cerca de 7 mil ingressos já haviam sido vendidos nas bilheterias do Majestoso. Como a venda prossegue hoje e amanhã, a diretoria trabalha com a possibilidade de receber mais de 10 mil torcedores. Vale lembrar que para garantir lugar no estádio, o TC10+ precisa retirar seu ingresso no Majestoso, mediante apresentação da carteirinha até hoje, das 9h às 20h.
Crianças até 12 anos de idade entram de graça, mas é necessário fazer o cadastro no site oficial do clube até as 14h de hoje. A venda de ingresso normal continua hoje, das 11h às 19h, e amanhã, das 11h às 17h. No sábado, não haverá venda.

Escrito por:

Paulo Santana