Publicado 22/02/2019 - 06h00 - Atualizado 21/02/2019 - 14h36

Por Do Correio

As obras do viaduto da Avenida John Boyd Dunlop são daquelas do tipo que poderia dizer intermináaaaaavel

Reprodução

As obras do viaduto da Avenida John Boyd Dunlop são daquelas do tipo que poderia dizer intermináaaaaavel

PARADAS OBRAS DÊSTE VIADUTO EM CAMPINAS
Parece que o Viaduto da Av. John Boyd Dunlop está mesmo encantado. Desde que foi iniciada a sua construção, isso há alguns anos, aquela moderna passagem vem sofrendo constantes paralisações que além de perturbar a vida dos bairros que se servem da passagem, ainda constituem-se em pesados ônus para os cofres da municipalidade. Mas, não foi por falta de críticas por parte da imprensa e de reclamações pelos Munícipes residentes nos bairros da Vila Aurocan, São Bento e outros. Todos queriam ver o moderno viaduto pronto e entregue ao trânsito. Infelizmente ainda não tiveram oportunidade de presenciar tal fato. A história da construção daquela passagem é longa. No principio, quando o projeto foi aprovado, e os serviços de terraplanagem iniciados, os cidadãos ali residentes, ficaram bastante contentes. Teriam próximo às suas casas, um moderno viaduto.
 
APOSENTADOS APELAM AO PRESIDENTE DO BRASIL
Assinada por centenas de aposentados de Rio Claro, foi enviada ao presidente Arthur da Costa e Silva, uma carta cujo têxto exprime a vida quase desesperada que estão levando os aposentados, cujos proventos são insuficientes para a manutenção da família. Eis o têxto : "Como todos sabem, existiam os institutos de aposentadoria IAPI, IAPC, IAPTC, IAPFESP, etc. Pois bem, agora foram êles unificados passando a ser INPS. O assunto que iremos abordar, ao tomar conhecimento, logo vai compreender que só Sua Excia., o senhor Presidente da República, poderá solucionar. E por isso mesmo, é nosso objetivo pedir a colaboração das pessoas, que tenham mais conhecimentos de causa, para que seja possível fazer-se a coisa chegar lá pelos canais competentes.
 
SOVIÉTICOS REFORÇAM BLOQUEIO DE BERLIM
Viajantes chegados de Praga informaram que tropas soviéticas estão se deslocando em direção à Alemanha Oriental. Disseram ter visto tanques e caminhões nas estradas da Boêmia movimentando-se para a República Democrática Alemã, aparentemente com o propósito de reforçar o bloqueio de Berlim às eleições presidenciais da Alemanha Federal marcadas para o dia 5 de março. Estão atualmente sob o controle da Alemanha Oriental todas as rotas terrestres para a antiga capital alemã, permanecendo à disposição dos países ocidentais apenas o corredor aéreo de Berlim.

Escrito por:

Do Correio