Publicidade

Publicado 08/02/2019 - 06h00 - Atualizado 07/02/2019 - 15h04

Por Do Correio

Atrás desta grade, funcionava a fortaleza. Só arrebentando os cadeados, é que os policiais penetraram no seu interior

Reprodução

Atrás desta grade, funcionava a fortaleza. Só arrebentando os cadeados, é que os policiais penetraram no seu interior

POLÍCIA ACABA COM FORTALEZA DO "JÔGO DE BICHO"
Para muita gente, a ação da Polícia campineira, na tarde de ontem, desmantelando a "fortaleza" do "jôgo de bicho" pertencente a José Luís Ciabattari, foi um golpe decisivo e importante para a diminuição, ainda mais, da prática dessa contravenção, em nossa cidade. A "batida" de ontem teve todos os aspectos de filme policial, pois a intervenção das autoridades foi segura, premeditada e por isso mesmo, com êxito total. Desde as primeiras horas da manhã, já se antevia que a "batida" contra o "jôgo" seria das mais rígidas, pois em menos de duas horas, dois homens foram detidos em delito flagrante. Portanto, a coisa deixava transparecer que muita movimentação iria acontecer no período da tarde. E a previsão se confirmou totalmente.
 
ATO PÕE ASSEMBLÉIAS EM RECESSO
Sob a presidência do presidente da República e com a presença de todos os seus membros, reuniu-se ontem em Petrópolis, no Palácio Rio Negro, o Conselho de Segurança Nacional para opinar, nos têrmos do Ato Institucional n.o 5, sobre processos a respeito dos quais deveria pronunciar-se o chefe do govêrno. Devidamente instruídos pelo chefe da secretaria geral do Conselho e com informações provenientes do Serviço Nacional de Informações e de todos os órgãos competentes, vinculados ao Ministério da Justiça, e às pastas militares, foram os referidos processos cuidadosamente examinados pelo plenário do Conselho que opinou favorávelmente à decisão final tomada e imediatamente anunciada, pelo presidente da República, marechal Artur da Costa e Silva.
 
VIETCONG PREPARA NOVA OFENSIVA CONTRA SAIGON
O espectro de uma nova ofensiva do "Tet" pairava hoje novamente sobre Saigon, depois de uma jornada de ataques vietcongs a principal rodovia que une as ricas provincias do Delta com a capital sul-vietnamita. Os vietcongs bombardearam, ontem, com morteiro varias posições governamentais e norte-americanas ao longo deste vital eixo rodoviário que os motoristas de caminhões temem que será fechado logo ao tráfego, apesar do número impressionante de batalhões aliados que o defendem. Ao mesmo tempo, as declarações feitas pelo Presidente Thieu em Saigon, no momento em que se desenvolvia terceira sessão das negociações.

Escrito por:

Do Correio