Publicidade

Publicado 07/02/2019 - 06h00 - Atualizado 06/02/2019 - 14h42

Por Do Correio

Os novos telefones da CTB para Campinas já estão instalados há dois meses, mas permanecem mudos

Reprodução

Os novos telefones da CTB para Campinas já estão instalados há dois meses, mas permanecem mudos

NOVOS TELEFONES: LIGAÇÃO AINDA DEMORA ALGUNS DIAS
Os novos telefones da Companhia Telefônica Brasileira para Campinas já estão instalados há dois meses, mas até agora permanecem mudos, segundo informe da propria CTB, esta situação vai continuar por mais alguns dias. São mais de mil unidades distribuidas por toda a cidade, como parte do plano de expansão da linha 8 de Campinas. Os novos assinantes já estão com seus aparelhos instalados, mas até agora nada de funcionamento ou coisa que o valha. Todavia já se sabe, que a direção local da CTB está envidando seus maiores esforços no sentido de poder dotar a cidade de uma nova rede telefônica, maior e mais eficiente, e cuja entrada em serviço, está prevista para os próximos dias.
 
SAEM HOJE NOVAS CASSAÇÕES DE PARLAMENTARES
O Conselho de Segurança Nacional estará reunido hoje, às 16 horas, por convocação do presidente Costa e Silva. Estará em estudo a aplicação de punições políticas e administrativas determinadas pelo Ato Institucional n.o 5, de 13 de dezembro de 1968, a parlamentares da ARENA e do MDB nas esferas federal, estadual e municipal. Serão estudados também processo, de suspensão de direitos políticos, além de cassações de mandatos de deputados e vereadores e de aposentadoria nas esferas do Legislativo Executivo e Judiciário. O prof. Gama e Silva, da Justiça, falando reportagem, afirmou que com as cassações de mandatos de parlamentares da área federal, hoje, o Conselho de Segurança Nacional voltará a sua atenção para os políticos indesejáveis à Revolução nos Estados e municípios.
 
AMÉRICA LATINA PREOCUPA ADMINISTRAÇÃO DE NIXON
Durante entrevista televisada, o presidente Richard Nixon anunciou que tinha designado o secretário de Estado adjunto para assuntos latino-americanos, mas não deu a conhecer o seu nome. Ao revelar a notícia, o primeiro mandatário americano afirmou que os problemas latino-americanos figuram em primeiro plano das preocupações de sua administração e que pensa tomar novas iniciativas no contexto da Aliança para o Progresso. Anunciou que no dia 23 viajará para a Europa, retornando à capital estadunidense no dia 2 de março. Em Paris manterá contatos com o chefe da delegação norte-americana nas negociações de paz sõbre o Vietnã, Henry Lodge.

Escrito por:

Do Correio