Publicidade

Publicado 20/12/2018 - 06h00 - Atualizado 17/12/2018 - 14h46

Por Do Correio

De diversos tipos e tamanhos, os peixes mortos aparecem juncando as margens em quantidades enormes

Reprodução

De diversos tipos e tamanhos, os peixes mortos aparecem juncando as margens em quantidades enormes

POLUIÇÃO IMPUNE MATA PEIXES NO ATIBAIA
Mais uma vez, a poluição do rio Atibaia matou algumas toneladas de bom pescado, que de outra forma, seria alimento e lucro, para um grande número de pessoas. Ainda mais unia vez, as grandes industrias químicas da região de Paulínia, impunemente lançaram às águas os detritos altamente ácidos de seus produtos, e os peixes, de muitas espécies, mesmo as mais resistentes, sofreram as consequências do ato criminoso. É a quarta vez esta semana, que isto sucede, apesar do grande volume de peixes que apareceram mortos, moradores da região, dizem que nos primeiros dias, a quantidade foi ainda maior. O grande responsável por tudo, é um detrito anímico, de alto teor de acidez, que é lançado nas águas, nos dias de chuva. Originariamente, o resíduo transportado para São Paulo, em grandes caminhões tanques é rebeneficiado e volta para nova aplicação.
 
GENERAL ALEMÃO DENUNCIA PERIGO COMUNISTA
Falando na Escola Superior de Guerra, o general Hans Speidel, ex-chefe do Estado Maior do Exército de ocupação nazista na França e ex-comandante das forças terrestres da OTAN, disse que "tôda a estratégia de defesa do Mundo Livre deve se basear no lema a vigilância é o preço da liberdade". A invasão da Tcheco-Eslováquia, segundo o General Speidel, alterou o quadro estratégico, "que agora está em melhores condições para atacar os seus centros vitais." Disse que há uma tendência nos Estados Unidos de não envolvimento em uma guerra, se ela não se alastrar por seu território, "mesmo com sacrifícios para os seus aliados." O General Hans Speidel, comandante da OTAN, até 1963, dedica-se atualmente a realizar conferências para militares (em países ocidentais) sôbre problemas estratégicos.
 
ACENTUA-SE PRESSÃO VIETCONG SOBRE A REGIÃO DE SAIGON
A pressão vietcong e norte-vietnamita acentuou-se ontem sobre a região de Saigon, especialmente no chamado "corredor de infiltração" que vai da fronteira de Cambodja até a capital do Vietnã do Sul. A 25.a divisão de infantaria norte-americana interceptou duas vezes as forças inimigas, perto da cidade de Cu Chi, a 30 quilometros ao noroeste de Saigon. Os vietcongs conseguiram escapar ao cerco dos carros blindados norte-americanos, perdendo 15 homens. Os norte-americanos tiveram 1 morto e 17 feridos.

Escrito por:

Do Correio