Quando a alegria encurrala a dor
Publicidade

Publicado 29/04/2018 - 08h49 - Atualizado 29/04/2018 - 08h49

Por Henrique Hein

A trupe atual de Campinas integra um coletivo de 600 voluntários que, armados somente com uma animação colorida, não deixam que a crise geral do País atrapalhe seus projetos

Divulgação

A trupe atual de Campinas integra um coletivo de 600 voluntários que, armados somente com uma animação colorida, não deixam que a crise geral do País atrapalhe seus projetos

A Hospitalhaços, tradicional ONG que utiliza a figura do palhaço para levar sorrisos a crianças em situação de ambiente hospitalar, está comemorando 19 anos de existência em 2018. Para celebrar a data, a instituição lançou um livro que traz à tona depoimentos, histórias e vivências de quem foi atendido pela entidade durante todos esses anos. O lançamento foi realizado em 24 de abril, no La Nuit Espaço Sousas, e contou com a presença de autoridades locais, voluntários, empresários, imprensa e pessoas que participam ativamente do desenvolvimento da ONG.
Segundo o coordenador- geral da Hospitalhaços, Mario Eduardo Paes, a cerimônia começou com os pronunciamentos da nossa presidente, Elizabeth Silva Cavedini, o meu, como coordenador-geral, e também da nossa fundadora, Walkiria Camelo. Na sequência, fizemos um agradecimento aos presentes e a todos os patrocinadores. Por fim, o lançamento oficial do nosso primeiro livro, que conta uma parte da história da ONG”.
Perguntado sobre os detalhes que constam no periódico, o coordenador optou por responder com um tom de mistério. “O tema do livro é uma surpresa. É um livro-homenagem, que traz um pedacinho da história da Hospitalhaços. Este é o primeiro de uma série que será lançada pelo Departamento de Ação Cultural da ONG”, ressaltou.
Avanço
Apesar da crise econômica que tem assolado o Brasil nos últimos anos, o coordenador afirma que a instituição, ao contrário de tantas outras, surpreendentemente, continua avançando. “A Hospitalhaços vem crescendo em torno de 20% por ano, mesmo neste cenário político-econômico complicado que estamos vivendo no País. Nos consideramos abençoados por isso e estes 19 anos em plena atuação só nos dão motivo para comemorar e agradecer a toda equipe que viabiliza este trabalho”, explica Paes, que considera a Hospitalhaços um projeto vitorioso.
“Procuramos, cada vez mais, capacitar os voluntários, trazer mais contribuições para que eles possam desenvolver um trabalho de excelência dentro dos hospitais. Tivemos sempre um cuidado com o treinamento e também um olhar carinhoso para o voluntário" , ressalta. 

Escrito por:

Henrique Hein