Pinscher faz assaltante correr em Campinas
Publicidade

Publicado 22/05/2017 - 20h35 - Atualizado 22/05/2017 - 20h36

Por Jaqueline Harumi

Belinha

Elcio Alves

Belinha

Uma cachorrinha pinscher, de nome Belinha, espantou um assaltante de um minimercado do Jardim São Fernando, em Campinas, no fim de semana. Há sete anos no bairro, o comércio já foi alvo de roubo por mais de 20 vezes, e em apenas uma vez alguém foi preso. Desta vez, porém, a mascote do comerciante, que sempre o acompanha no trabalho, ajudou a proteger o estabelecimento. “Foi ela que foi para cima do cara. Ele me rendeu e a intenção era levar todo mundo para o fundo, quando a cachorrinha foi para cima dele e ele se assustou com ela e foi embora com o dinheiro do caixa. Ele poderia ter levado os celulares e subir na casa”, comenta o proprietário Raul Renato Takeichi, de 29 anos.
A ação criminosa aconteceu às 19h22 de sábado. Pelas imagens da câmera de monitoramento é possível ver o assaltante entrar armado com revólver e recolher R$ 1 mil da caixa registradora aberta pelo comerciante e quando ele manda para o fundo, onde estavam a mãe e um funcionário, a pinscher, de 7 anos, surge de trás do caixa latindo para o criminoso, que recua e foge.
Raul Takeichi com a mascote Belinha, que afugentou o assaltante
Conforme Takeichi, a Polícia Militar foi chamada, mas não foram localizados nem o criminoso nem outro suspeito que ficou do lado de fora do minimercado. “Vimos que ele subiu sentido Paranapanema”, conta a vítima, que afirma ter visto um segundo suspeito dando cobertura do lado de fora do estabelecimento, os dois de bicicleta.
Além do dinheiro do caixa, em dois roubos anteriores também foram levados celulares e bolsas e em outros dois, eletrônicos da casa, que é vizinha ao comércio.
Procurado pela reportagem, o comando do 35º Batalhão de PM do Interior, responsável pelo policiamento da área, não se posicionou até o fechamento desta edição sobre a série de assaltos sofridos pelo comerciante. Já a equipe de investigação do 10º Distrito Policial, que apura os crimes no bairro, informou que a ocorrência foi registrada ontem à tarde pela vítima e prometeu dar toda a atenção para o caso, ver se há relação com os roubos anteriores e buscar indiciamentos o mais rápido possível.
O assaltante filmado no fim de semana foi descrito pela vítima como “moreno, bem magro e narigudo”, com 1,70 metro de altura e vestia um casaco de moletom escuro com capuz, bermuda preta com detalhe laranja e chinelos de dedo.

Escrito por:

Jaqueline Harumi