Publicidade

Publicado 16/12/2015 - 10h56 - Atualizado 16/12/2015 - 17h02

Por Alenita Ramirez

A obra custou R$ 500 mil e o trânsito já está liberado

Juliana Fronckowiak/ AAN

A obra custou R$ 500 mil e o trânsito já está liberado

O prefeito de Campinas Jonas Donizette (PSB) inaugurou na manhã desta quarta-feira (16) uma ponte sobre o Córrego Serafim, mais conhecido como Orosimbo Maia, na altura da Rua Maria Monteiro, no bairro Cambuí.
A entrega da obra altera o trânsito na região e tem como objetivo desfazer um gargalo sempre registrado no local. Com a nova ponte, as vias da região passam por algumas alterações e o motorista não precisará mais acessar a Rua dos Alecrins e depois a Coronel Quirino para entrar na Orosimbo Maia ou atravessar a avenida.
Havia um gargalo nesse ponto, já que outros veículos também entravam na avenida no sentido oposto, a partir da Rua José Vilagelin Neto. Ficou mais fácil também atravessar a Orosimbo e subir a Coronel Quirino, no sentido Cambuí.
Nesse trecho, a Coronel Quirino terá mão única. O motorista que estiver na Maria Monteiro e quiser entrar na Orosimbo Maia para chegar ao Centro ou atravessar rumo ao Taquaral terá mais facilidade para trafegar.
O motorista que desce a Rua Maria Monteiro no sentido Orosimbo Maia e que tem intenção de atravessá-la para pegar a pista no sentido contrário não precisa mais virar a Rua dos Alecrins e seguir até a Coronel Quirino. A nova ponte dá acesso direto.
A obra também ajuda o motorista que está na Orosimbo Maia no sentido Centro/Norte Sul e que pretende retornar para o sentido oposto. Antes, ele teria que seguir 650 metros adiante, até a Escola de Futebol Craques do Futuro, para fazer o retorno.
A nova ponte também beneficia quem desce a Rua José Vilagelim Neto, no Taquaral, e quer seguir no sentido Cambuí. Antes, tinha que entrar na Orosimbo Maia, seguir por cerca de 20 metros pela faixa esquerda da pista e cruzar a ponte que dá acesso à Rua Doutor Diogo Prado.
A partir de agora, o quarteirão entre as ruas Orosimbo Maia e dos Alecrins terá mão única de direção para o motorista que segue no sentido Taquaral ao Cambuí - antes esse trecho era contramão.
"Esta ponte era a opção que faltava para desafogar o trânsito. Agora vou ganhar três minutos, e é um grande ganho para os motoristas", disse o dentista Júlio César Tonetti Cardoso, que tem consultório no Cambuí.
A nova ponte não só animou os motoristas como também os comerciantes da região. Dono de uma loja de pisos na região, César Vieira comemorou a obra. "Eu acreditei tanto nessa obra que até estou ampliando minha loja. Antes, os motoristas não a viam, pois não havia semáforos e as pessoas passavam rápido. Agora, os motoristas vão parar por causa da sinalização e automaticamente vão olhar para os lados", disse.
"A Avenida Orosimbo Maia é a mais movimentada da cidade. São cerca de 24 mil veículos passando por aqui diariamente. Procuramos fazer esta obra com o menor impacto possível para o trânsito. Esta ponte vai ajudar funcionando em um binário. Antes tínhamos uma ponte só com duas mãos de direção. Agora teremos uma com direção ao bairro e outra de volta. Fizemos toda a sinalização do trecho", disse Jonas.
"Tivemos algumas inversões de trânsito no local. Então chamo a atenção dos motoristas para ficarem mais atentos, pois tudo o que sai da rotina pode provocar alguma coisa. Temos sinalizações de placas, de solo, semafórica", disse o prefeito.
A obra custou R$ 500 mil e foi uma contrapartida da construtora Gafisa, que está construindo um prédio residencial, com 25 andares e 250 apartamentos, a cerca de 50 metros.
A ponte, de 19,96 metros de extensão por 18,95 de largura, foi feita de concreto armado, com um passeio para pedestre, que poderá ser transformado em ponte também, segundo a engenheira da empreendedora, Lana Secchi. 
Em razão da construção, foi necessário cortar nove árvores, que segundo Jonas, serão compensadas por meio do termo de compromisso ambiental (TCA), firmado com a Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. "Vamos plantar novas árvores em outros locais", disse o prefeito.
A cerimônia contou com as presenças ainda do secretário de Transporte e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro, do secretário de Infraestrutura, Pedro Leoni, de representantes da Gafisa, do vereador Marcos Bernadelli, de técnicos da Emdec e diretores da Secretaria de Infraestrutura.

Escrito por:

Alenita Ramirez