ACIDENTE

Vítima de engavetamento continua em estado grave

Acidente gerou cerca de 4 km de congestionamento; faixa 1 e o canteiro central ficaram interditados

02/07/2014 - 10h08 - Atualizado em 02/07/2014 - 17h42 | Cecília Polycarpo
cecília.cebalho@rac.com.br

Foto: César Rodrigues/AAN
Um motorista de caminhão ficou em estado grave e está internado em Sumaré
Um motorista de caminhão ficou em estado grave e está internado em Sumaré

Um engavetamento envolvendo sete veículos na manhã de ontem na Rodovia Santos Dumont (SP-075), em Indaiatuba, deixou quatro feridos, um deles em estado grave. O acidente ocorreu por volta das 8h, no quilômetro 53, e causou quatro quilômetros de congestionamento no sentido Norte até as 10h30. As pistas dos dois sentidos foram interditadas para o pouso do helicóptero Águia, da Polícia Militar, que fez o resgate do motorista de caminhão gravemente ferido e o encaminhou para o Hospital Estadual de Sumaré, onde permanece em estado grave.

 
Um caminhão pequeno que transportava iogurte no sentido Norte não conseguiu frear em tempo quando o trânsito ficou mais lento na rodovia, perdeu o controle, atravessou o canteiro central e colidiu frontalmente com outro caminhão, no sentido contrário. Uma carreta que transportava bobinas que vinha logo atrás, no sentido Sul, também não conseguiu brecar. Uma moto e outros três automóveis reduziram a velocidade repentinamente, o que ocasionou as mais colisões traseiras, segundo a Polícia Militar Rodoviária. As outras três vítimas foram levadas para o Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC), em Indaiatuba, e passam bem.
 
No total, sete veículos foram envolvidos no acidente na manhã desta quarta-feira
A faixa 1 e o canteiro central ficaram interditados para a remoção de vítimas e veículos, depois da saída do Águia. O trânsito teve que fluir pela faixa 2 e acostamento. No sentido Sul houve foi registrado 1 quilômetro de lentidão. A pista foi liberada às 10h15, mas muitos curiosos diminuíam a velocidade para ver a grande quantidade de carros acidentados sendo guinchados nas marginais, o que provocou morosidade até as 11h. "Foi mais ou menos uma hora e meia para remover todos os veículos da pista. Fui um acidente de grandes proporções" , disse o cabo da Polícia Rodoviária Estadual, Carlos Alberto Almeida.

A assessoria de imprensa do Hospital de Clínicas da Unicamp, responsável pela administração do Hospital de Sumaré, afirmou que o motorista do caminhão passou por cirurgia assim que chegou à unidade, mas não deu detalhes do procedimento. Até o final da tarde de ontem, o estado dele ainda era grave.




Comentários(0)

Conforme Termo de Uso, comentários com conteúdo inadequado e spam poderão ser removidos a critério do Correio.com

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso

Tempo Agora   Cinema   Horóscopo   Estradas e Aeroportos   Trânsito
cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 10º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
O melhor e mais completo conteúdo
da RMC está aqui!
O melhor e mais completo conteúdo
da RMC está aqui!
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular