CAMPINAS

Garota de programa mata cafetina no Jardim Itatinga

Gerente de casa de prostituição levou garrafada que cortou veias, artérias e músculo do braço

20/12/2013 - 22h50 |

Foto: Diego Almeida/AAN
Suely prestou depoimento à polícia e foi encaminhada a Cadeia Feminina de Paulínia.
Suely prestou depoimento à polícia e foi encaminhada a Cadeia Feminina de Paulínia.

A garota de programa Suely Pinheiro da Paz, 37 anos, foi presa em flagrante, nesta sexta-feira (20), pelo assassinato da Maria do Rosário da Silva, 43 anos, gerente de uma casa de prostituição do Jardim Itatinga, em Campinas.

De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 7h após uma discussão entre as duas. Maria foi agredida por uma garrafa de vidro no braço esquerdo, que cortou veias, artérias e músculo.

Maria foi socorrida ainda com vida ao Hospital Mário Gatti, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A garota de programa prestou depoimento à polícia e foi encaminhada a Cadeia Feminina de Paulínia.



Comentários(1)

Conforme Termo de Uso, comentários com conteúdo inadequado e spam poderão ser removidos a critério do Correio.com

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso

  • Fenomeno: (23/12 as 14h38)
    essa é uma foto da Cafetina, correto? kakakaka
Tempo Agora   Cinema   Horóscopo   Estradas e Aeroportos   Trânsito
cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 10º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
O melhor e mais completo conteúdo
da RMC está aqui!
O melhor e mais completo conteúdo
da RMC está aqui!
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
NOME:
SOBRENOME:
E-MAIL:
SENHA:
REPETIR SENHA:
Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular

cadastre-se e continue lendo