Baú de Histórias

Quem foi Mário Gatti

Nascido em Nápoles, na Itália, em 1879, Mário Gatti conheceu Campinas em 1905, aos 26 anos. Não veio para trabalhar, mas para se casar com ...
14/11/2013 - 15h40 | Janete Trevisani
faleconosco@rac.com.br
Foto:
Quem foi Mário Gatti

Nascido em Nápoles, na Itália, em 1879, Mário Gatti conheceu Campinas em 1905, aos 26 anos. Não veio para trabalhar, mas para se casar com Francisca de Marco Gatti, jovem que conhecera na Europa e que era filha do empresário Roque de Marco, italiano que prosperou por aqui. Realizado o enlace, o médico retornou com a esposa para a Itália e lá prosseguiu o trabalho e os estudos. Dois anos depois, a pedido dos sogros, fixou residência em Campinas e começou a clinicar na Beneficência Portuguesa. Passado um ano, foi a Paris aperfeiçoar-se na arte cirúrgica. Só regressou em 1915.

O talentoso médico italiano não tardou a conquistar fama em Campinas e um de seus grandes amigos era Tomaz Alves, que, impossibilitado de operar depois de um incidente com bisturi, costumava indicar Gatti aos pacientes. É de 1920 a construção do Hospital do Círcolo Italiani Uniti, que mais tarde se converteria na Casa de Saúde de Campinas, estabelecimento modelo onde Gatti clinicou até o fim da vida.

Na década de 1950, quando o teto do Cine Rink desabou, Gatti foi um dos primeiros médicos a prestar socorro às pessoas que estavam no cinema. Ele já tinha mais de 70 anos e, mesmo assim, fez questão de juntar-se a outros colegas de profissão para salvar vidas. Detalhe: estava doente e precisava repousar, mas deixou tudo de lado para estar perto das vítimas do desmoronamento. Ganhou até medalha pelo gesto.

Quando alguma coisa não tinha solução, não se sabe como, em que lugar e de que jeito, o certo é que um jargão começou a se repetir não só nos hospitais, mas também entre a população. Até quando algum brinquedo quebrava, as crianças repetiam: “Isso nem Mário Gatti resolve”. A cirurgia ensaiava os seus primeiros passos no Brasil quando o italiano já realizava com sucesso operações de estômago e próstata. Daí sua popularidade e o comentário de que ele resolvia tudo.

O jovem de Nápoles que conquistou Campinas fez parte de uma geração de médicos estrangeiros que chegou ao Brasil trazendo diplomas de especialização em cirurgia nos melhores centros europeus. Destacou-se como pioneiro de verdadeiras proezas na medicina. Em fevereiro de 1976, foi homenageado pela população, que indicou seu nome para o então Hospital Municipal, o hoje Hospital Municipal Dr. Mário Gatti.


Segundo berço

 


Sobre Campinas, Mário Gatti dizia: “É o meu segundo berço, o mais importante cenário de minha humilde existência. Foi neste pedaço de paraíso que iniciei a minha carreira profissional. A eterna primavera de seu clima ameno, a bondade e a simplicidade dos seus filhos empolgaram a minha juventude.”




Família

 


Reportagens publicadas nos jornais locais em 4 de março de 1964, um dia depois do falecimento de Mário Gatti, informavam que o médico deixou os filhos Theodora Gatti Pagano Brando, Attilia Gatti Guedes de Melo e Roque de Marco Gatti, além de netos e bisnetos. Mário Gatti era filho de Lelio Gatti e Attilia Tumolo Gatti.

 





cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 10º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
O melhor e mais completo conteúdo
da RMC está aqui!
O melhor e mais completo conteúdo
da RMC está aqui!
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
NOME:
SOBRENOME:
E-MAIL:
SENHA:
REPETIR SENHA:
Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular

cadastre-se e continue lendo