UPA CAMPINAS

Cães são resgatados de ONG acusada de maus-tratos

Resgate é feito pela polícia; segundo vistoria, entidade está sem alvará de funcionamento

15/08/2013 - 16h12 | Raquel Valli
raquel.valli@rac.com.br

Foto: Dorinaldo Oliveira/ Correio Popular
Agentes da Prefeitura estiveram à tarde no canil da UPA para vistoriar o local
Agentes da Prefeitura estiveram à tarde no canil da UPA para vistoriar o local

Cinco cachorros foram resgatados na tarde desta quinta-feira (15) do abrigo da União Protetora dos Animais (UPA) de Campinas. A entidade, fundada pelo deputado estadual Feliciano (PEN), é acusada de maltratar os animais e está sendo investigada pela Setor de Proteção aos Animais e Meio Ambiente da Polícia Civil de Campinas (Sepama).

O resgate foi feito pela polícia em conjunto com veterinários que ficarão responsáveis pelos cães temporariamente. Não está descartado o resgate de outros cães. 

Na manhã de quarta-feira , a Polícia esteve no local, ás margens da rodovia Anhanguera, cumprindo mandado de busca. 

Sem alvará

A entidade está sem alvará de funcionamento e o canil poderá ser lacrado. Uma vistoria feita agora à tarde pelo departamentos Controle do Uso do Solo da Prefeitura averiguou a situação e constatou a irregularidade. 

Testes

Já pela manhã, saíram os resultados dos exames feitos em cinco filhotes que foram encontrados mortos ontem em uma geladeira da entidade. Segundo o laudo, a causa da morte foi parvovirose (uma doença altamente contagiosa). Junto aos cães, foram encontrados pedaços de carne moída e medicamentos vencidos.

Com informações da repórter Luciana Félix, da AAN  

Veja também

 



Comente
Nome:      E-mail:  
Cidade:      Profissão:  
Informe o resultado do cálculo abaixo:
 
   Não divulgar meu email
Comentário:
Quantidade de toques disponíveis: 500
Clique aqui e veja todos os comentários(0) dessa notícia


Agentes da Prefeitura estiveram à tarde no canil da UPA para vistoriar o local
Tempo Agora   Cinema   Horóscopo   Estradas e Aeroportos   Trânsito