NA MADRUGADA

Acidentes deixam 5 mortos na região de Campinas

No mais grave deles, quatro jovens com idade entre 20 e 30 anos morreram no mesmo veículo

29/04/2013 - 08h07 | Correio.com
faleconosco@rac.com.br

Foto: Leandro Ferreira/AAN
Na Bandeirantes, restos do veículo e uma peça de roupa de uma das vítimas
Na Bandeirantes, restos do veículo e uma peça de roupa de uma das vítimas

Um grave acidente envolvendo um veículo de passeio deixou quatro mortos na altura do quilômetro 95 da Rodovia dos Bandeirantes, em Campinas, na madrugada deste domingo, 28. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, a colisão aconteceu por volta da meia-noite, quando o motorista do veículo Palio Weekend ocupado por ele e mais três amigos, com idades entre 18 e 30 anos, perdeu a direção, invadiu o canteiro e bateu contra um barranco na bifurcação de acesso à Rodovia Adalberto Panzan (que liga a Bandeirantes à Anhanguera). Após o choque, o carro capotou várias vezes.

Em mais dois acidentes — um em Campinas e outro em Americana — uma pessoa morreu e duas ficaram feridas.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, além de José Alberto Silva Santos, de 27 anos, que dirigia o veículo que capotou, Givanildo Rodrigues de Lima, de 29, Francisco das Chagas da Silva, de 27, e Luciano Ferreira de Souza, de 18, morreram no local. A concessionária CCR AutoBan, que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, informou que o resgate foi acionado, mas as vítimas não resistiram aos ferimentos.

A polícia relatou que o carro estava em alta velocidade e o motorista perdeu o controle da direção porque teria ficado indeciso na bifurcação. Testemunhas disseram à polícia que os jovens vinham pela Rodovia Santos Dumont e seguiam para Indaiatuba, mas entraram por engano na Rodovia dos Bandeirantes, no sentido Interior.

Uma das vítimas usava um crachá de uma empresa prestadora de serviços em obras. A polícia acredita que os quatro trabalhavam juntos. Apesar da identificação, até o fechamento desta edição os corpos não tinham sido reconhecidos pelas famílias e ninguém sabia de onde era o grupo. Os corpos estavam no Instituto Médico Legal (IML).

No segundo acidente em Campinas, ocorrido à 1h30, o pintor Cristiano de Paula, de 37 anos, perdeu a direção da moto que pilotava, uma Honda NX, e bateu contra duas árvores localizadas na Avenida Marechal Rondon, no Jardim Chapadão. Ele morreu no local. Uma moradora das proximidades disse que apenas ouviu um barulho e acordou assustada. Ao sair para checar o que havia acontecido, avistou o rapaz morto.

Atropeladas

Em Americana, o publicitário Ricardo Guimarães perdeu a direção do seu carro, um Citröen C4, subiu na calçada do estacionamento de uma padaria, no Jardim Colina, e atropelou duas universitárias que estavam com outros amigos e seguiriam para um encontro, onde fariam trabalho da faculdade. Meire Cristina Pires de Lima, de 18 anos, ficou prensada entre a parede e o carro e teve as pernas esmagadas. Ela foi socorrida em estado grave pelo helicóptero Águia, da Polícia Militar, e encaminhada ao Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp.

Tamires Aparecida Paula, de 19 anos, que estava com ela, sofreu lesões e foi socorrida pelo resgate do Corpo de Bombeiros ao Hospital Municipal Waldemar Tebaldi.

Guimarães estava numa reunião de amigos e tudo indica que tenha bebido. Ele alegou que dormiu ao voltante e acabou detido. Segundo guardas municipais que atenderam a ocorrência, o publicitário aparentava estar embriagado. Ele se recusou a fazer o teste de bafômetro e foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para coleta de sangue e urina. O laudo deve sair em 30 dias.



Comente
Nome:      E-mail:  
Cidade:      Profissão:  
Informe o resultado do cálculo abaixo:
 
   Não divulgar meu email
Comentário:
Quantidade de toques disponíveis: 500
Clique aqui e veja todos os comentários(2) dessa notícia


Comentários
  • Em 29/04 as 11h55 por:eU
    Cristiano descanse em Paz!!!! triste muito triste.
  • Em 28/04 as 13h54 por:quanto vale sua vida?
    nao adianta nada fazer leis brandas etc.........tem de haver sim educaçao seria nas auto escolas uma formaçao em que o aluno aprenda a dirigir respeitando normas e leis de transito, aulas com pessoas mortas sendo mostradas, chega de hipocrisia!!! hoje se compra cnh com jeitinho!!! eu mesmo fui convidado a comprar uma!! tem policia podre por ai!!!
Na Bandeirantes, restos do veículo e uma peça de roupa de uma das vítimas
Tempo Agora   Cinema   Horóscopo   Estradas e Aeroportos   Trânsito