CAMPINAS

Prefeito vai em busca de recursos para Saúde

Jonas quer que o governador aumente o repasse de recursos

07/02/2013 - 21h45 | Maria Teresa Costa
teresa@rac.com.br

O prefeito Jonas Donizette (PSB) e representantes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e PUC-Campinas irão tentar, nesta sexta-feira (8), convencer o governo do Estado a aumentar a participação no financiamento da Saúde em Campinas.

Jonas quer reforçar a necessidade de o governador Geraldo Alckmin (PSDB) ter um olhar diferenciado para a cidade e aumentar repasses de recursos.

A Prefeitura vai investir este ano quase R$ 1 bilhão no setor, que representa 26% do Orçamento municipal de R$ 3,7 bilhões, e, mesmo destinando à Saúde a maior dotação entre as outras áreas, a verba não será suficiente para atender às necessidades.

Na reunião marcada em São Paulo com o secretário estadual Giovanni Guido Cerri, o principal item da pauta, informou o secretário municipal de Saúde, Cármino Antônio de Souza, será a participação do governo do Estado na gestão do Complexo Hospitalar Ouro Verde, atualmente administrado pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM).

O contrato com a entidade vence em março de 2013 e será prorrogado para que haja tempo para montar a equação que transferirá a administração do complexo para o Município. O secretário disse que a proposta é, com o mesmo volume de recursos repassados à SPDM — R$ 7,1 milhões mensais —, poder abrir todos os leitos do complexo.

Outra reivindicação será por recursos para poder estruturar as unidades de saúde próximas dos limites com outros municípios, hoje sobrecarregadas especialmente pelo atendimento regional que acabam assumindo.

Jonas vai sugerir que ou o Estado aumente os repasses para Campinas nessa área ou, então, que faça investimentos nas cidades vizinhas para reduzir a pressão regional sobre os centros de saúde.

Além disso, informou o secretário de Saúde, o prefeito quer reforçar a necessidade de instalar mais 40 leitos no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp para garantir uma retaguarda de internação na rede pública.

Leia mais nas edições dos jornais do Grupo RAC do dia 8/2/2013 



Comente
Nome:      E-mail:  
Cidade:      Profissão:  
   Não divulgar meu email
Comentário:
Quantidade de toques disponíveis: 500
Clique aqui e veja todos os comentários(0) dessa notícia


       


Tempo Agora   Cinema   Horóscopo   Estradas e Aeroportos   Trânsito