POPULAÇÃO

Bairro do Campo Grande é o mais populoso de Campinas

Residencial São Luiz tem média de habitação por área dez vezes superior à da cidade

31/12/2012 - 07h30 | Felipe Tonon
felipe.tonon@rac.com.br

Foto: Edu Fortes/AAN
Moradores do bairro São Luiz, o mais populoso de Campinas
Moradores do bairro São Luiz, o mais populoso de Campinas

Levantamento feito pela Secretaria de Planejamento de Desenvolvimento Urbano (Seplan), com base em dados do Censo 2010 do IBGE, revela que o bairro mais populoso de Campinas está na região do Campo Grande e também uma disparidade entre diferentes regiões — com áreas que possuem média populacional muito menor à da cidade e outras que extrapolam em quase dez vezes o número médio de pessoas por área.

No final da Avenida John Boyd Dunlop, região do Campo Grande, próximo ao limite com Monte Mor, está o Residencial São Luiz, um pequeno bairro que é considerado o mais populoso de Campinas, segundo o estudo. O local tem uma população pequena em relação a outras áreas do município, de 2.381 moradores, mas todos vivem em um espaço territorial de apenas 184 mil metros quadrados, ou 0,184 Km², na conversão feita pela secretaria.

Na projeção da população feita por quilômetros quadrados, é o mesmo que dizer, em proporção, que em 1 Km² moram 12.908 pessoas, quase dez vezes mais que a média da cidade. O número de imóveis no bairro também é pequeno — apenas 584 casas, o que equivale a uma média de 4,08 pessoas por imóvel.

Atrás do Residencial, no ranking dos mais populosos, aparecem bairros centrais como Bosque, Centro e Cambuí, respectivamente. Por outro lado, áreas em que sequer se imaginava haver habitações registram poucos moradores, em espaço extenso — Chácaras Ciatec e Parque Ecológico.

Os números do IBGE também mostram que os bairros com a maior população nem sempre são os mais populosos. Prova disso é o Novo Campos Elísios, com 67.616 habitantes. Mas sua área territorial é uma das maiores, com 10,272 Km², média de 6.582 pessoas por quilômetro quadrado.

Moradores
 
Valdívia Mendes Lima da Silva, de 48 anos, é mãe de dez filhos e mora com oito deles, dois netos, o marido e dois cachorros em um imóvel de pouco mais de 70 metros quadrados no Residencial São Luiz. Vivendo com uma salário de aproximadamente R$ 1 mil do marido, que é inspetor de alunos, ela está na região desde 1999 e diz que houve melhorias. “Antes não tinha nada, hoje já tem asfalto, calçada, esgoto”, afirmou.

Apesar da melhora da infraestrutura, porém, ainda há muitas dificuldades. A farmácia mais próxima está no Parque Itajaí, ou Maracanã, e é preciso de um ônibus para chegar, mas Valdívia garante que as caminhadas são comuns.

O bairro também não possui área de lazer pública . Morador do Residencial há dez anos, Sebastião Pereira, de 57 anos, comemora o fato de hoje possuir rede de esgoto em casa, que está sendo paga em 18 parcelas de R$ 34,00. Apesar disso, quando precisa de um posto de saúde, tem que recorrer ao bairro vizinho, o Campina Grande. As limitações já são discutidas pelos moradores, que se organizam para pedir ao novo prefeito mais atenção ao Residencial.

LEIA MAIS NA EDIÇÕES DE 2ª FEIRA (31) DOS JORNAIS DO GRUPO RAC 



Comentários(0)

Conforme Termo de Uso, comentários com conteúdo inadequado e spam poderão ser removidos a critério do Correio.com

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso

Tempo Agora   Cinema   Horóscopo   Estradas e Aeroportos   Trânsito
cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 10º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
O melhor e mais completo conteúdo
da RMC está aqui!
O melhor e mais completo conteúdo
da RMC está aqui!
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
NOME:
SOBRENOME:
E-MAIL:
SENHA:
REPETIR SENHA:
Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular

cadastre-se e continue lendo